Livro – A Mulher do Viajante no Tempo de Audrey Niffenegger

MulherViajanteTempo-ColorindoNuvens

MulherViajanteTempo-ColorindoNuvens

A Mulher do Viajante no Tempo lançado pela editora Suma foi um dos primeiros livros que fiz resenha aqui no blog. Como eu gostei bastante da história e o post depois de quase três anos estava meio desatualizado resolvi melhorá-lo e publicá-lo novamente fazendo com que mais pessoas possam conhecer essa história.

Quem já acompanha o blog poderá estranhar um pouco, mas eu pretendo reciclar alguns posts literários, melhorando os meus textos e adicionando fotografias, ou seja, dando a atenção merecida às obras que já li, para deixar o conteúdo mais atrativo e caprichado para vocês.

A Mulher do Viajante no Tempo foi um daqueles livros que me chamou a atenção de imediato. A ficção científica faz desse livro um romance nada comum. A obra publicada em 2003 conta a história de Henry De Tamble um viajante no tempo. Ele possui uma espécie de doença genética que o faz transportar-se através do tempo, hora sendo levado ao passado, hora ao presente e mais raramente, também ao futuro. Henry não consegue controlar suas viagens nem evitá-las, é retirado repentinamente do tempo em que está e transportado através dos anos.

MulherViajanteTempo-ColorindoNuvensMulherViajanteTempo-ColorindoNuvens

É comum aparecer nu, sem nada consigo. Roupas, documentos, qualquer objeto é deixado para trás e o protagonista vê-se sempre em situações de perigo e constrangimento. É muito interessante como a autora consegue amarrar a história, já que em diversos momentos os vários “EUs”do protagonista interagem vindo cada um de uma época distinta.

Clare Abshire é ainda uma criança quando passa a ter contato com seu futuro marido, um homem muito mais velho por estar voltando de outra época, em que eles já possuem uma história juntos. Apesar de Henry ser cuidadoso e não contar o que ocorre no futuro dos dois, Clare levanta a questão do livre arbítrio, pois, as coisas parecem já ter acontecido sem deixar a ela a chance de escolher. O conceito de causa e consequência do determinismo acaba também, sendo abordado.

Eu fui me sentindo cada vez mais intima dos protagonistas à medida que eles foram se desenvolvendo emocionalmente. Acompanhamos o desenrolar de suas vidas, desde a infância até a vida adulta do casal. E passamos a compartilhar o angustiante destino de Clare, sempre no aguardo, esperando Henry voltar de suas viagens inesperadas.

MulherViajanteTempo-ColorindoNuvensMulherViajanteTempo-ColorindoNuvens

O livro é subdividido entre as situações vividas por Henry e Clare, então o leitor sempre é informado sobre a data em que se passa a situação e a idade de cada um dos protagonistas.

A autora Audrey Niffenegger construiu o ponto de vista de cada personagem de maneira bem marcante, muitas vezes, a mesma situação ou a sua continuação é contada pelos diferentes pontos de vista de Clare e também de Henry. Conseguimos nos sentir parte daquela história que é relatada com um realismo incrível.

MulherViajanteTempo-ColorindoNuvens

Também achei legal a autora não ter tornado os personagens perfeitos, ela conduz a história mostrando não somente o lado bom, mas também os erros e as dúvidas que os acometem. Isso nos ajuda a vê-los muito mais como humanos do que como simples personagens.

A capa é simplesmente linda e inspiradora e traz Clair ainda criança em destaque com seus cabelos ruivos e esvoaçantes. Essa “emocionante celebração da vitória do amor sobre o tempo” (Chicago Tribune) me fez refletir sobre o tempo que passa, as histórias das pessoas que se desenrolam e se concluem a nossa volta e as modificações que o tempo faz em nossas próprias vidas e em nosso “Eu”.

Vocês já tinham ouvido falar desse livro? Já leram? Me contem o que acharam ;)

Leia Também

6 Comment

  1. Oi!
    Eu já conhecia o livro, mas ainda não li… A história parece ser muito bonita e emocionante mesmo, ainda não li nada parecido com esse livro, mas imagino que a escritora deve ser incrível mesmo para conseguir organizar a história sem que ficasse confusa com as viagens no tempo.
    Suas fotos ficaram muito bonitas!
    Bjs

    1. Dai Castro says: Responder

      Olá Evelise! Eu gostei muito dessa história e principalmente da maneira como ela foi escrita! Se tiver a oportunidade de ler eu recomendo!!! Obrigada pela visita, beijos! ^^

  2. Não acredito que eu não conhecia a existência desse livro =).. adorei o tema e super me interessei pela leitura
    PS: As fotos ficaram lindas

    1. Dai Castro says: Responder

      Olá Clay! Eu gostei muito desse livro e recomendo a leitura! Estou muito feliz de saber que você gostou das fotos desse post (Eu sei que você manda super bem em fotografia, já faz um tempinho que acompanho o seu blog e adoro!) Beijos e obrigada pela visita! :)

  3. Oi Dai! Eu assisti o filme e amei! Eu já até tinha visto o livro mas não cheguei a ler, mas com certeza vou ler em breve! Adorei a resenha! :)

    1. Dai Castro says: Responder

      Oi Ana, tudo bem? Eu gostei muito desse livro recomendo a leitura com certeza! Hahaha Obrigada pela visita! Beijos ^__^

Deixe uma resposta