Resenha do Livro: Menina Má de William March

Resenha de livro Menina Má Darkside Books

Menina Má da Darkside Books estava na minha wishlist literária desde o seu lançamento! Gosto muito de histórias macabras envolvendo personagens infantis, sem contar que o livro publicado originalmente em 1954 serviu de inspiração para diversas obras tanto na literatura quanto no cinema como Chuck (1988), o boneco assassino que me traumatizou na infância; o personagem de Macaulay Culkin em Anjo Malvado (1993) e até mesmo Dexter (2006), o meu serial Killer favorito.

O mais famoso romance de William March nos apresenta a história de Rhoda, uma garotinha de apenas oito anos de idade que começa logo cedo, a dar sinais de desvios comportamentais como falta de empatia e algumas obsessões.

Resenha de livro Menina Má Darkside Books

Rhoda nunca foi desobediente, preguiçosa ou petulante, como algumas crianças são. Ela tem tantas qualidades. Só tem esse probleminha; essa peculiaridade de caráter.

Resenha de livro Menina Má Darkside Books

Por trás de uma carinha angelical e comportamento manipulador, Rhoda é vista como uma garota exemplar, precocemente madura, mas esse estereótipo de boa menina começa a desmoronar quando um coleguinha de sala acaba morto em um piquenique da escola e Rhoda passa ser a maior suspeita.

Quem nos norteia na história é a mãe Christine Penmark. É através de seu olhar que acompanhamos suas suspeitas se tornando pouco a pouco, a realidade. Enquanto o marido não volta de uma longa viagem a trabalho pela América do Sul, cabe a Sra. Penmark lidar com o desenrolar de situações cada vez mais difíceis e constrangedoras. O autor consegue descrever muito bem a sociedade machista da época, colocando sobre os ombros de Christine, toda a responsabilidade pelos atos e tendências estranhas da filha.

Menina Má e a Origem da Maldade

Considerado um Suspense psicológico, Menina Má não é uma obra para nos deixar com medo e sim, levantar algumas discussões sobre a origem da maldade e tendências a psicopatia infantil: Será que já nascemos maus ou somos corrompidos? É de conhecimento geral que a violência é uma característica nata do ser humano, mas por que algumas pessoas são incapazes de controlar os seus instintos e acabam por cometer as piores atrocidades, muitas vezes, por motivos banais?

Resenha de livro Menina Má Darkside Books

É justamente buscando essas respostas que Christine Penmark se depara com importantes descobertas de seu passado, capaz de criar uma ponte com o pesadelo vivido em seu presente.

Se eu der para você uma cesta de beijinhos, o que você me dá de volta?

Rhoda, é sem dúvida, uma sementinha do mal. Consegui me apegar bastante aos sofrimentos e embates emocionais da Srta. Penmark, os personagens secundários também são importantes ao desenvolvimento da história e ajudam, sobretudo, a moldar os valores da sociedade da época.

Resenha de livro Menina Má Darkside Books

A edição está caprichada! O livro é em capa dura e segue o padrão dos outros livros da Darkside! Estava doida para tê-lo em minha estante e planejava há tempos trazer essa resenha aqui para o blog justamente no dia das crianças! Acho que essa obra combina demais com essa data, não acham? :D

Vocês já conheciam Menina Má? Gostaram da resenha? Até mais, pessoal!

Título: Menina Má | ISBN-10: 8566636813 | Ano: 2016 | Especificações: 272 páginas | Editora: DarkSide® Books | Comprar: Amazon

Classificação do livro: 4 estrelas

Leia Também

26 Comment

  1. Eu conhecia por alto, mas não sabia do que se tratava mesmo. Deu medinho hehehe! Não gosto desse tipo de livro, por mais que tenha um aprendizado por trás. Acho que a educação conta bastante, mas infelizmente nem sempre tem como controlar a índole, né? =( Eu vi quando era mais nova o filme Anjo Malvado e tenho trauma dele. O final é horrível. Imagino o coração daquela mãe.

    Beijocas, Carol
    http://www.pequenajornalista.com

    1. Dai Castro says: Responder

      É uma questão complicada essa hahaha Sobre o anjo malvado, também fiquei chocada com o final, ainda mais porque assisti beeem pequenininha hahaha Beijos!!

  2. Eu acho essa edição tãaaao linda! Acho que é uma das minhas preferidas da Darkside. Achei muito genial essa ideia que eles tiveram pra capa.
    Sempre me interessei por livros de serial killers e psicopatas, mas acho que nunca li nenhum que tivesse uma criança nessa posição. Acho que isso torna tudo muito mais perturbador, né?! E essa é um questão que acho que intriga todo mundo, quando o mal começa e se ele já nasce com a pessoa. No caso da Rhoda, parece que sim.
    Fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro e tê-lo na minha coleção :)
    As fotos tão lindas como sempre e acho que o tema combinou muito com o dia!

    Beijos Dai!

    1. Dai Castro says: Responder

      Essa também foi a primeira vez que li um livro focado em uma psicopata infantil. É uma questão bem intrigante mesmo, e achei bem legal a maneira com que os fatos foram expostos! Dá muito orgulho de ter na estante mesmo Ju! A edição é muito linda!! Beijos <3

  3. Daiiii que criança macabrinha essa menina hahah
    Eu não vou chegar nem perto de ler ele, porque qualquer coisa que tenha a ver com psicopatia me dá um medo desgraçado hahah Mas eu amei sua resenha♥
    E essa edição meu deuso, dark side podia editar todos os livros do mundo, só pra ter capa dura em todos haha
    um beijo!

    1. Dai Castro says: Responder

      hahaha capa dura é puro amor! E essa edição está mesmo sensacional :)

  4. Oi Dai, tenho lido só críticas bacanas sobre esse livro e sua resenha só aumentou a minha curiosidade. Fora essa capa linda, né? QUERO. *-*

    1. Dai Castro says: Responder

      Capa maravilhosa mesmo Camila <3

  5. Combina sim!!!
    Eu adorei a leitura do livro <3
    E acho que Rhoda assusta muita gente rs

    1. Dai Castro says: Responder

      hahaha Sim *-* Muito boa leitura!!

  6. Esse livro é lindo! A Darkside caprichou muito! Adoro a mistura de cores que eles fizeram, com esse rosa pink e o azul, contrastando com uma história que certamente não tem essa pegada “feliz” hahaha
    Eu não sabia que Chuck tinha sido baseado nessa história! Este livro está mais presente nas nossas vidas do que a gente imagina, né?
    A história parece ser bem interessante e eu quero muito saber se foi a Rhoda ou não que matou o coleguinha (acho que foi :P)

    Beijo! ♥

    1. Dai Castro says: Responder

      A Rhoda é uma personagem muito interessante. Tenho certeza que você vai se envolver com a situação! Aliás, as cores da capa são maravilhosas mesmo, contrasta muito bem com o tom mais sombrio da história! Beijos!! <3

  7. Haaaaa a cada dia que passa eu quero mais esse livro, meu Deus! Primeiro foi o tiro que levei com a resenha e as fotos da Clayci, agora as suas <3 Assim não vou aguentar gente, vou entrar na livraria, pegar o livro e correr para começar a ler, porque não aguento mais KKKK Um beijo <3

    1. Dai Castro says: Responder

      Sugiro que faça isso mesmo hahaha É uma ótima leitura <3 Beijos!!!

  8. Talita says: Responder

    eu estou doida por esse livro, sem falar que a capa é linda!

    suas fotos são tão amor, sou fã

    Beijoss

    Tali
    CEREJA ROCKS

    1. Dai Castro says: Responder

      Obrigada Talita <3 Beijos!!

  9. ameiiii esse livro!! o peste essa menina,rsrsrsrr
    nem parece criança né?
    o final é super perturbador .
    É um dos meus preferidos^^
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/

    1. Dai Castro says: Responder

      Siim muito pertubador o final hahaha :)

  10. Fiquei super curiosa pelo livro e com bastante vontade de ler!
    Anotei o nome para nas férias ter a oportunidade de conhecer melhor a história :)
    Beijinhos

    1. Dai Castro says: Responder

      Que bom que gostou Julie! Espero que curta a leitura <3 Beijos!!

  11. ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas cara que louco esse enredo, imaginar algo tão ruim de uma criança, somos programados pra ver a inocência nelas e é difícil aceitar algo tão cruel de uma princesinha. Gostei do livro, o design é lindinho de mais. Ótima resenha!

    Amei aqui, ja seguindo. beijos

    Blog Entre Ver e Viver

    1. Dai Castro says: Responder

      O Enredo é sensacional mesmo! É difícil ver maldade nas atitudes de uma criança mas com a Rhoda parece ser bem diferente!! Que bom que gostou do blog! Obrigada <3

  12. Ainda estou doida para comprar esse livro. Na verdade me apaixonei por ele por causa da capa antes de ver qualquer resenha (sei e ja falei que não pode essas coisas, mas eu não resisto a essas capas elaboradas) e, quanto mais resenha leio sobre ele mais o bichinho aqui dentro quer comprar. Super combina msm com a data, adoramos criancinhas malvadas! SQN. É interessante que muitas vezes é difícil de aceitar que crianças tbm possuem esse lado mal mas infelizmente se pesquisarmos vemos casos reais de crianças de acabaram cometendo atrocidades. ótima resenha Dai =) bjus bjus!

    1. Dai Castro says: Responder

      Essa capa é um amor mesmo, assim que vi esse livro pela primeira vez, já o desejei na minha estante hahaha É difícil entender como a maldade pode estar presente em crianças, mas há casos reais sobre isso sim e a história da Rhoda segue bem essa linha :) Beijos!!!

  13. Caaaara, eu não fazia ideia de que esse livro existia, juro. Sua resenha apareceu pra mim em uma hora maravilhosa, preciso concluir meu TCC e é exatamente sobre psicopatia. Amei!

    1. Dai Castro says: Responder

      Que tema interessante, eu pelo menos gosto muito de desvendar essas mentes perturbadas, através de livros e filmes!!

Deixe uma resposta