Resenha do Livro: Inventei Você? de Francesca Zappia

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Inventei Você? é o romance de estreia da autora Francesca Zappia lançado pela Editora Verus. A história retrata a esquizofrenia na adolescência de uma maneira leve, mas não deixa de ter momentos dramáticos e tristes, que nos faz querer estar perto da protagonista e dizer que tudo vai ficar bem.

Eu gosto muito de livros que falam sobre os mistérios da mente, e em um primeiro momento a doença da protagonista foi o que chamou a minha atenção, mas a trama não gira apenas em torno disso, a história tem capacidade de sobreviver sem estar o tempo inteiro permeada pela esquizofrenia da personagem, e assim, podemos conhecer a rotina funcional de uma adolescente que sofre com a doença desde a sua infância e que vai passar por todos os dilemas e complicações que encontramos no ensino médio.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Minhas alucinações se tornavam mais frequentes no escuro. Mais de uma vez, quando eu era pequena, ouvi vozes que vinha de baixo da cama, garras que iam subindo pelas beiradas do colchão para me pegar.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Inventei Você? e a esquizofrenia na adolescência

Alex tem um desafio diário: distinguir o que é real do que foi inventado por sua mente. O que ela mais deseja é passar o último ano do ensino médio sem incidentes com a doença e na escola nova, ela tem a oportunidade de ocultar o seu diagnóstico dos colegas e tentar ser finalmente, uma garota normal.

Fazer o reconhecimento de perímetro, vasculhar a comida atrás de substâncias letais, ignorar os nazistas que a persegue constantemente e tirar algumas fotos com a sua inseparável câmera para distinguir o que é real do que é produto da sua imaginação, são tarefas diárias que Alex tenta fazer sem levantar suspeitas ou chamar a atenção.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Dizem que adolescentes pensam ser imortais, e eu concordo. Mas, acho que existe uma diferença entre pensar que é imortal e saber que pode sobreviver. Pensar que é imortal leva a arrogância, a pensar que você merece o melhor. Sobreviver significa se esforçar pelo que você mais quer, mesmo quando parece fora de seu alcance, mesmo quando tudo está trabalhando contra você. E aí, depois de ter sobrevivido, você supera. E você vive.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Conforme participamos do cotidiano da protagonista compreendemos melhor como a sua cabecinha funciona e temos a falsa sensação de estarmos decifrando o seu modo de pensar, quando mais a frente na narrativa, somos obrigados a nos questionar se as nossas conclusões estão realmente certas, ou se nos deixamos enganar como a própria Alex diante das situações.

Compartilhar o inquietante sentimento da dúvida e do medo do que é real ou não, fez com que eu me aproximasse da personagem. Até mesmo os personagens secundários como Miles, o garoto que ela não tem certeza se é real ou fruto de alucinações, são cativantes e bem desenvolvidos.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

A definição de insanidade de Einstein é fazer a mesma coisa repetidas vezes e esperar resultados diferentes.

A metade final do livro deixa um pouquinho de lado a questão da esquizofrenia e foca-se em alguns mistérios, nos problemas e aventuras de qualquer adolescente e na investigação de algumas situações suspeitas. Confesso que o início da história me prendeu bem mais, porém, Inventei Você? é um Young Adult com um diferencial bem bacana e uma aposta ousada da autora que tinha apenas 15 anos quando começou a dar forma ao livro.

Resenha de Livro Inventei Você de Francesca Zappia Verus Editora

Inventei Você? tem algumas situações absurdas que a gente não sabe dizer se são reais ou não, nos surpreendemos com as revelações e tenho certeza, que uma delas irá deixar o seu coração em pedacinhos.

Eu fiquei apaixonada pela capa do livro, que traz uma background em aquarela, com os cabelos laranjas da Alex em contraste! Se você gosta de boas obras de YA (e de uma capa de encher os olhos) vale a pena dar uma chance a essa história! Até mais pessoal!

Classificação do livro: 4 estrelas

Título: Inventei Você? | ISBN: 978-8576864240| Ano: 2017 | Especificações: 350 páginas | Editora: Verus | Comprar: Amazon

[Esse livro foi enviado pela Grupo Editorial Record]

RELATED POSTS

16 Comments

  1. Responder

    Beatriz Cavalcante

    20 de junho de 2017

    Não conhecia esse livro mas achei bem legal a história. Geralmente eu gosto de ler livros com problemas, doenças e todos esses dramas então acho que eu ia gostar muito de ler. Só não gostei muito da capa que não chama tanta atenção mas se eu tiver a oportunidade de ler acho que ou acabar gostando da experiência. :D

    Beijos!

    • Responder

      Dai Castro

      20 de junho de 2017

      Acho que você vai gostar sim Bia! Por outro lado, eu gostei da capa haha! Lê depois me conta! :)

  2. Responder

    Sheyla - DMulheres

    20 de junho de 2017

    Dai
    Gostei demais da temática do livro, a esquizofrenia está muito mais presente em nossas vidas e na de muitos do que imaginamos. A capa realmente, é linda e fiquei interessadíssima em lê-lo. Ótima resenha, como sempre que se fica com vontade de ir na livraria agoraaaa.

    Beijokas,
    DMulheresInstagramFanpage

    • Responder

      Dai Castro

      21 de junho de 2017

      Que bom que se interessou pela leitura <3 Esse tema chamou bastante a minha atenção também!
      Beijos!

  3. Responder

    Lívia Madeira

    20 de junho de 2017

    tbm fiquei apaixonada pela capa do livro e com essas fotos com café e biscoito que vc tirou, gostei mt da temática sobre a doença e fiquei bem curiosa pra ler

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    • Responder

      Dai Castro

      21 de junho de 2017

      Que bom que gostou Lívia! Muito Obrigada <3

  4. Responder

    Babi

    20 de junho de 2017

    Oi Dai
    Eu ja tinha visto esse livro no Instagram e achei a capa linda .Tinha pensado que era um livro sobre uma garota que idealizou um garoto na sua cabeça.
    Estou impressionada pela sinopse do livro é muito mais do que eu imaginava.
    Agora quero ainda mais ler esse livro.

    Beijos..
    Meu mundinho quase perfeito

    • Responder

      Dai Castro

      21 de junho de 2017

      Pode esperar bastante desse livro Babi! A história prende a gente :)

  5. Responder

    Amanda

    20 de junho de 2017

    Não conhecia o livro, mas além da capa que estou apaixonada (amo aquarela!), fiquei bem curiosa com a história, até agora estou me perguntando se já li algum livro com personagem com esquizofrenia e acho que não, vou colocar ele na minha lista, e me parece ser um livro leve também!

    Beijos,

    Amanda.

    http://explorarteblog.blogspot.com/

    • Responder

      Dai Castro

      21 de junho de 2017

      Foi a primeira vez que li algo desse tipo, achei bem interessante :)
      Beijos!

  6. Responder

    Danielle S.

    21 de junho de 2017

    Dai, que livro diferente! Acho que nunca li um livro em que a personagem principal tenha esquizofrenia… Pela sua resenha, me parece que a autora conseguiu mostrar um pouco de como é a mente de alguém com esquizofrenia, de forma bem delicada. Fiquei bem curiosa com a história. E amei essa capa, linda demais! :)

    Beijo!

    • Responder

      Dai Castro

      22 de junho de 2017

      Foi uma temática totalmente nova para mim também Dani! E a capa é bem bonita mesmo <3

  7. Responder

    Juliane

    22 de junho de 2017

    Oi Dai!
    Eu também gosto muito de livros que falam sobre os mistérios da mente.
    Achei muito interessante ela usar a câmera para fotografar as coisas e usar pra descobrir o que foi real e o que não foi.
    E a autora só tinha 15 anos quando começou a escrever o livro? Talentosa ela!
    Eu sempre achei essa capa maravilhosa e o livro sempre ficou em background na minha lista de desejados. Vou ver se encontro um tempo pra passá-lo na frente!
    Beijos!

    • Responder

      Dai Castro

      22 de junho de 2017

      Eu achei uma aposta ousada para uma autora tão jovem também, mas o resultado de tudo isso é muito bom! Espero que goste da leitura <3
      Beijos!

  8. Responder

    Sofia

    1 de julho de 2017

    Confesso que me encantei pelo livro logo pela capa, mas não imaginava que se tratava de um assunto tão forte! Com certeza vou colocá-lo na minha lista, parece ser bem interessante. Adorei sua resenha, Dai :D

    • Responder

      Dai Castro

      3 de julho de 2017

      Obrigada Sofia <3

LEAVE A COMMENT