Valorizando o que nos faz bem #SetembroAmarelo

Forest Setembro Amarelo

Com o passar do tempo tenho aprendido a valorizar mais o momento presente, entendendo que isso é basicamente, tudo o que temos.

Uma das atitudes que tem ajudado a me manter centrada é prestar atenção ao meu sentimento, assim fica mais fácil identificar gatilhos emocionais, que possam vir a me levar a um estado de espírito melancólico ou perturbado, indo contra tudo aquilo que eu procuro evitar sentir.

Admitir que eu precisava de ajuda foi uma das melhores coisas que fiz por mim até hoje. A terapia mesmo que tenha feito por pouco tempo me ajudou a identificar várias questões que acabavam com a minha qualidade de vida. Um grande aprendizado desse período foi aceitar que sempre haverá coisas que não estão sob o nosso controle, e que tá tudo bem com isso.

Forest Setembro Amarelo

Antes eu apostava todas as minhas fichas lá na frente. Pensava que quando eu fizesse tal curso, tivesse tal emprego, ganhasse tal salário, morasse em tal lugar, (e uma lista enorme de condições), aí sim seria uma pessoa interessante, seria a pessoa que sempre quis ser! Nem preciso dizer que a frustração era enorme e avassaladora, quando a mágica simplesmente não acontecia. As condições externas até poderiam mudar, possivelmente pra melhor, mas nunca chegavam nem mesmo perto do padrão de perfeição que eu projetava na minha cabeça.

Valorizarmos a pessoa que somos hoje (nesse exato momento) é um desafio muito grande, ainda mais sendo tão fácil cairmos na cilada de comparar a nossa realidade com o que as pessoas compartilham nas redes sociais. Não se deixe levar por isso não… É isso o que repito para mim mesma todas as vezes que os meus pensamentos começam a ir por esse caminho.

É importante a gente deixar a culpa de lado e ver que não tem problema nenhum em nos afastar de coisas e pessoas que, de alguma forma, nos faz mal. Não é egoismo da nossa parte priorizar o nosso bem estar, minimizar a exposição aquilo que nos desencadeia uma sensação ruim, isso é um ato de amor para com nós mesmos!

A nossa saúde mental é muito mais importante do que todos os padrões e regras sociais que tentam nos impor. É aos pouquinhos que vamos aprendendo a valorizar o que nos faz bem. É aos pouquinhos que vamos trilhando uma vida com mais propósito.

Forest Setembro Amarelo

Esse post faz parte da blogagem coletiva Setembro Amarelo: Blogs participantes Amável Girassol, Memorialices, Colorindo Nuvens, Sai da Minha Lente, A world to read e Ventos de Maio.

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Cvv (Centro de Valorização a Vida)

Telefone: 141

Atendimento via e-mail: Aqui

RELATED POSTS

12 Comments

  1. Responder

    Lívia Madeira

    29 de setembro de 2018

    maravilhoso esse post, acho que muitas vezes nos mesmos demoramos a entender o que esta acontecendo e pedir ajuda (quanto antes melhor) entao essa campanha é msm mt importante pra conscientizar sobre doenças mentais

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    • Responder

      Dai Castro

      1 de outubro de 2018

      verdade Lívia, é importante demais falar sobre esse assunto!
      Um beijo!

  2. Responder

    Anny

    1 de outubro de 2018

    Comigo é a mesma coisa, demorei pra aprender que nem tudo é o que parece ser. Vivia de comparações que hoje eu vejo que de nada me acrescentava.
    Ha amei a nova carinha do blog viu, eu nem tinha prestado atenção que vc tinha mudado .

    • Responder

      Dai Castro

      1 de outubro de 2018

      haha que bom que gostou Anny!
      Sim, nos comparar não leva a nada!
      Um beijo!

  3. Responder

    Fe

    1 de outubro de 2018

    Adorei o post! Acho fundamental a gente priorizar nosso bem estar. Sofro com a TAG e foi pensando em mim que decidi sair do meu emprego antigo que me causava um estresse absurdo, me afastei de pessoas negativas e que eram de alguma forma tóxicas e estou tentando me conhecer melhor e me amar mais todos os dias, evitando a comparação também. Acho que passos assim são os que vão fazer uma diferença enorme. Nunca fiz terapia, mas estou pensando em começar! Um beijo!

    • Responder

      Dai Castro

      1 de outubro de 2018

      Temos que começar por pequenos passos e pequenas ações pra ir encontrando o bem estar e nos afastando do que nos faz mal, né? <3 Muito obrigada! Um beijo!

  4. Responder

    Samanta Dáfini

    3 de outubro de 2018

    amei o post

    http://dosedeestrela.blogspot.com

  5. Responder

    Clayci Oliveira

    3 de outubro de 2018

    Só agora que eu consegui vir até aqui apreciar esse layout novo e ver as últimas publicações.
    Somos muito parecidas nesse sentido, Dai. Sempre coloquei condições para ser feliz e nunca consegui ficar satisfeita pelas minhas escolhas, pois passava mais tempo pensando no futuro e não curtia o momento.
    Mudei? Não tanto quanto eu gostaria. Mas tem sido o meu exercício diário: me cobrar menos.
    E ter apoio de amigos como vc, me motiva a continuar seguindo em frente e fazendo sempre o meu melhor.

    Amei esse texto e essas fotos

  6. Responder

    Renata

    4 de outubro de 2018

    Oi Dai!
    Que texto… eu li, suspirei e reli. Eu precisava demais disso. Pode parecer clichê, mas me identifiquei com cada palavra que você escreveu. Somos sempre tragadas à expectativas e condições de um futuro ideal que, muitas vezes, acabamos nos esquecendo do aqui e agora. Do que realmente importa. Uma maré louca me toma desde 2016, mas 2018 conseguiu superar as expectativas, eu nunca estive tão “lá no fundo”, por assim dizer. A maré já subiu um pouco, mas ainda tenho muitos passos a dar. A cada leitura que faço, que sinto essa sinceridade, é um incentivo enorme para continuar subindo.

    Agora, mudando o assunto, eu estou apaixonadíssima com o blog, o novo estilo e tudo o mais. Achei que ficou ainda mais a sua cara e adorei a vibe delicada, colorida e cheia de boas vibrações que tudo passa por aqui! Já disse que sou sua fã? Melhor deixar registrado né: sou sua fã! <3

    xoxo

    • Responder

      Dai Castro

      8 de outubro de 2018

      Ai Rê, muito obrigada, de verdade por suas palavras! Pode contar comigo pra conversar sobre qualquer coisa porque é assim que a gente vai se ajudando!
      Que fofurinha da sua parte! Eu que sou sua fã moça <3
      Um beijo

  7. Responder

    Juliana

    8 de outubro de 2018

    Dai, você não imagina o quanto eu tava precisando desse texto. É muito difícil eu conseguir controlar minha ansiedade e viver no presente, quando percebo já tô planejando mil coisas e prevendo várias outras ruins que podem acontecer.
    Vivo me comparando com outras pessoas, por isso ando praticamente fora das redes sociais, o que tem me ajudado um pouco.
    Acredito que por mais difícil que seja, aos pouquinhos nós vamos conseguir mudar e ficar em paz com nós mesmas <3
    E essas fotos estão um amorzinho!

    • Responder

      Dai Castro

      9 de outubro de 2018

      É importante a gente planejar as coisas, mas quem sofre de ansiedade sabe o quanto é difícil permanecer no presente sem fazer as projeções mais catastróficas para o futuro.
      Fico feliz que o texto tenha ajudado Ju, se quiser conversar pode chamar <3

LEAVE A COMMENT