O Hobbit - A desolação de Smaug - Poster

O Hobbit – A Desolação de Smaug, segundo filme da adaptação da aclamada obra de J. R. R. Tolkien dá continuidade a jornada de Bilbo Bolseiro, Gandalf e dos 12 anões liderados por Thorin Escudo de Carvalho, até a Montanha Solitária, o reino dos anões tomado pelo terrível dragão Smaug.

Após serem resgatados pelas águias, os aventureiros continuam sua viagem pela Terra Média buscando uma maneira de chegar até o seu destino a tempo de presenciar a última luz do dia de Durin e encontrar a fechadura da porta do reino de Erabor que dá acesso a montanha e a todo tesouro que lá se encontra sob a guarda de Smaug.

Dando sequencia as perseguições de centenas de Orcs, a companhia se refugia na propriedade de Beorn um transmorfo capaz de assumir a forma de um gigantesco urso preto. A passagem porém, não se estende por muito tempo e logo, os anões e Bilbo Bolseiro seguem para a floresta negra, enquanto em paralelo, Gandalf com a ajuda de Radagast vão investigar os planos do maligno necromante.

O hobbit - anões nos barrisOs anões nos barris

A partir de então, Peter Jackson, insere bastante ação aos acontecimentos. O encontro com as aranhas da floresta, seguido da tensão gerada entre os Elfos e os anões são tomadas bem construídas que confere um clima entusiasmante ao filme.

A adaptação inseriu várias histórias paralelas que conseguiram ser bem desenvolvidas e exploradas. Devo destacar o encontro de Gandalf com o poder do necromante que se revela pela primeira vez como Sauron, e a atuação de Bilbo Bolseiro quando esse se depara com Smaug, cena que rende momentos de muita tensão.

The desolation of-smaug - Bilbo BolseiroO encontro de Bilbo com Smaug

A abordagem da história, como o esperado, foi diferente da obra original de Tokien, porém, no contexto e na proposta da adaptação foi realmente excepcional a maneira com que todos os elementos do filme foram tratados deixando pontas soltas para a conclusão da trama que acontecerá em O Hobbit – Lá e de volta outra vez, o terceiro e último episódio da jornada que tem data prevista de estreia somente para 19 de dezembro de 2014.

The desolation of-smaug - Bilbo BolseiroGandalf, o Cinzento a procura do Necromante

A aventura torna-se ainda mais épica vista em 48 frames por segundo o que foge do padrão cinematográfico que em média é de 20 a 24 frames. A tecnologia que foi amplamente comentada e discutida nos últimos tempos gerando bastante polêmica e diferentes opiniões é capaz de proporcionar uma experiencia única com o realismo absurdo em cada cena. Difícil dizer quais dos dois filmes é o melhor, mas uma coisa é certa, estarei aguardando ansiosamente para conferir a conclusão da aventura!

RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT