5 filmes favoritos

Para mim sempre foi um desafio e tanto escolher os filmes que mais me agradavam. Antes do blog a minha memória seletiva não permitia que eu guardasse por muito tempo, informações a esse respeito e logo, tudo parecia confuso e eu me sentia um verdadeiro peixinho dourado!

Agora, fazendo posts e exercitando a minha mente em assuntos que eu gosto e frequentemente pesquisando coisas novas para compartilhar com vocês melhorei bastante nesse aspecto e resolvi montar uma lista com os meus 5 filmes favoritos.

Para começar essa série separei os meus queridinhos de todos os tempos que não ligo de ver e rever por muitas e muitas vezes. Abaixo vocês conferem um pequeno resumo da trama e o porquê são marcantes e especiais para mim!

#5 We need to talk about Kevin

We-Need-To-Talk-About-Kevin

O meu top 5 inicia-se com um drama de tirar o fôlego: Precisamos falar sobre Kevin é uma adaptação do romance de Lionel Shriver. A história gira em torno do relacionamento conturbado entre Eva Khatchadouria (Tilda Swinton) e seu filho Kevin (Ezra Miller) e nos coloca num clima de crescente tensão devido à linguagem inteligente usada no desenvolvimento da trama.

Contada de modo não linear somos instigados a organizar os fatos do presente e passado em nossa cabeça e imaginamos o tempo todo o que levou ao trágico desfecho. Tilda e Ezra estão simplesmente incríveis em seus papéis, o que obviamente, só tem a acrescentar numa história chocante capaz de te deixar estarrecido por um bom tempo.

#4 Donnie Darko
DoonieDarko

O fenômeno ‘Cult’ Donnie Darko entra para a lista de filmes adoravelmente estranhos. Com uma narrativa diferente, recheada de elementos incomuns buscamos a todo o momento, uma explicação para os estranhos acontecimentos que permeia a trama.

O protagonista é um adolescente com sérios desvios comportamentais que passa a ter estranhas visões de “Frank”, um assustador coelho de Halloween que inicia uma espécie de contagem regressiva par ao fim do mundo. O filme possuiu diversas linhas temporais o que exige muita atenção por parte dos espectadores. A parte mais interessante é que instintivamente somos levados a criar as nossas próprias teorias sobre os enigmas apresentados.

#3 Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças

Brilho eterno

Já deu para perceber que gosto mesmo de filmes com narrativa não linear e Brilho Eterno se enquadra em mais um desses casos. Acho quase impossível alguém não ter desejado algum dia esquecer alguns acontecimentos desagradáveis pelo qual passou, mas já imaginou ter a possibilidade de apagar definitivamente da sua memória algum fato ocorrido ou até mesmo, todas as lembranças que envolvem uma determinada pessoa?

Pois é justamente isso o que Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet) decidem fazer. E como as más lembranças, muitas vezes, parecem se sobrepor as boas, logo, ao vasculhar o seu passado durante o processo de eliminação de memórias, Joel percebe que não quer apagar tudo aquilo que viveu e inicia uma verdadeira batalha para manter a lembrança de seu romance viva, lutando contra algo tecnicamente irreversível.

Grande parte do filme passa-se dentro da mente do protagonista conferindo a história uma característica dinâmica e surreal.

#2 Edward Mãos de Tesoura

Edward Mãos de tesoura

Essa produção de Tim Burton me conquistou quando eu era apenas uma criança que assistia na Sessão da Tarde, por incontáveis vezes, a história de um personagem que tinha tesouras no lugar das mãos!

O filme é praticamente um conto de fadas que tem como protagonista Edwards, um ser quase completo que foi criado por um solitário cientista num castelo localizado na colina mais alta da cidade. No entanto, antes de terminar a sua criação, o cientista morreu deixando Edward sozinho e com tesouras no lugar de suas mãos.

A história gira em torno justamente da tentativa de reinserir Edward na sociedade, um ser que representa o sombrio e o bizarro diante de uma cidade de conduta praticamente ‘perfeita’.

Essa história para mim é muito especial, e o mais legal é que mesmo depois de tantos anos ainda consegue me agradar e porque não, me emocionar em alguns momentos! Muito lindo!

#1 O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

O fabuloso destino de amélie poulain

Chegando ao primeiríssimo lugar temos “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” que é para mim, um daqueles filmes inspiradores, que nos faz olhar para as coisas do dia a dia de uma maneira diferente.

A premissa é bem simples. Amélie, representada lindamente por Audrey Tautou, encontra na parede de sua casa uma antiga caixinha cheia de lembranças e decide encontrar o seu dono para devolvê-la mesmo após tantos anos.

A maneira com que a história é conduzida através do ponto de vista de Amélie torna as coisas que passam despercebidas no nosso cotidiano em algo mais belo dando importância às pequenas atitudes e aos detalhes.

Tudo funciona muito bem, desde aos personagens mais caricaturados, até a trilha sonora e fotografia.

Essa produção foi uma das grandes responsáveis por me incentivar a ter um blog, a parti daí, comecei a prestar mais atenção aos filmes e as mensagens que eles tinham a transmitir.

Bom, minha primeira seleção de filmes especiais fica por aqui, espero que tenham gostado!

RELATED POSTS

4 Comments

  1. Responder

    Vickawaii

    11 de janeiro de 2016

    Eu adorei as três primeiras posições (principalmente Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembrança! Que filme!), mas…Donnie Darko? O filme é incompreensível HASIDUAHSDUIA mas okay, okay, achei interessante também. Vale a pena ver :D

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    • Responder

      Dai Castro

      11 de janeiro de 2016

      HAHAHA Donnie Darko desperta amor ou ódio, mas achei ele tão estranho, tão diferente que acabei entrando para o grupo dos que amam <3 hahaha

  2. Responder

    Sheyla - DMulheres

    11 de janeiro de 2016

    Ótimos filmes, gostei da seleção, adorei!

    Bjokas,
    http://www.dmulheres.com.br/

    • Responder

      Dai Castro

      11 de janeiro de 2016

      Que bom que gostou Sheyla :)

LEAVE A COMMENT