Resenha do Livro: O Sorriso da Hiena de Gustavo Ávila

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

Desde que O Sorriso da Hiena foi lançado de maneira independente em 2015 e houve um grande burburinho a cerca da obra, fiquei muito curiosa para conhecer a escrita desse autor nacional. Quando a Editora Verus finalmente o lançou esse ano, tive a oportunidade de ter esse livro em mãos e resolvi encaixá-lo na categoria “um livro de autor nacional” na #MLI2017.

O Sorriso da Hiena já começa de maneira visceral, com a descrição de uma cena de um homicídio executado de maneira cruel, onde os pais de um garotinho de apenas 8 anos, são torturados e mortos em frente ao filho aterrorizado.

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

A paciência é a característica mais perigosa que um inimigo pode ter.

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

Vinte e quatro anos depois, uma série de crimes com o mesmo padrão começa a se repetir. David, a criança de outrora, agora é o assassino que recria a mesma cena do passado para descobrir se as vítimas de tal crueldade irão se desenvolver da mesma forma que ele.

Para tal estudo, David propõe um acordo a William, um psicólogo infantil conhecido por desenvolver um trabalho acadêmico sobre a construção da índole humana frente aos diferentes traumas causados na infância. O assassino lhe dará 5 vítimas de mesma idade e diferentes realidades e caberá ao psicólogo acompanhar as crianças e estudar na prática, os temas desenvolvidos em sua tese.

Em paralelo a isso, acompanhamos a investigação do caso pelo detetive Arthur, um excelente profissional portador da Síndrome de Asperger, condição que o torna uma pessoa extremamente direta e racional, tornando-o excepcional no que faz.

É possível justificar o mal quando há a intenção de fazer o bem?

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

O mal é um estado natural do ser humano, que nasce sem a noção de certo e errado. Sem consciência moral, agindo para saciar suas necessidades. Movido apenas por seus instintos selvagens. Em um mundo onde o mal nasce com a gente, todos fariam qualquer coisa, sem apego à moralidade, para não sucumbir.

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

Apesar de um tema já bastante abordado em outras obras, o que mais me chamou a atenção na sinopse do livro foi a promessa de explorar e estudar o desenvolvimento da maldade humana, mesmo em uma situação extremamente delicada e cruel, onde os órfãos são tratados como cobaias de um estudo que vai contra todos os princípios morais. O Sorriso da Hiena, no entanto, acaba se focando muito mais na investigação policial do que nas motivações que levaram aos crimes.

A trama intercala os e-mails trocados entre o assassino e o psicólogo, bem como, algumas anotações de William após o seu encontro com as crianças vítimas de tal crime, mas me faltou um aprofundamento dessas questões emocionais estudadas e principalmente, as razões que levaram um profissional relativamente reconhecido, a embarcar em um jogo tão sujo e perigoso.

A Escrita de Gustavo Ávila

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

A escrita de Gustavo Ávila é bem desenvolvida e consegue nos prender na história. O que mais me motivou a dar continuidade a leitura, foi a curiosidade de descobrir o desfecho da trama, porém, não consegui criar empatia com os personagens em nenhum momento o que prejudicou um pouco o meu envolvimento e interesse pela história, principalmente quando chegávamos ao seu desfecho.

O psicólogo William é um dos personagens mais complexos da história, porém, a mudança tão drástica de suas atitudes me deixou uma sensação de estranhamento. A transformação de um profissional da psicologia em um cúmplice velado a uma série de assassinatos não transcorreu para mim de maneira convincente.

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

Os olhos da criança gritavam, arregalados em um silêncio forçado, uma testemunha impotente diante do que via.

Resenha de Livro Sorriso da Hiena Gustavo Avila

Arthur, por sua vez, se mostrou bastante caricato em alguns momentos, talvez isso se dê ao fato de eu conhecer uma pessoa próxima a mim que sofre com a mesma síndrome do detetive, ou por conta da repetição de alguns gestos que em muitas situações, não acrescentava mais nada a história.

Fora esses probleminhas que eu tive com as características de seus personagens, o que pode ser algo de cunho extremamente pessoal, até porque já vi muitas críticas positivas sobre isso, a escrita do autor é bem rica e não deixa pontas soltas pelo caminho, pelo contrário, o final foi muito bem pensado, embora tenha se mostrado um tanto arrastado a meu ver.

Independente dos pequenos problemas que tive durante a leitura, a proposta de Gustavo Ávila em O Sorriso da Hiena é muito interessante e torço para que ele desenvolva outras obras do gênero.

Vocês já leram,  pessoal? Quais as suas impressões sobre a obra?

Classificação do livro: 4 estrelasTítulo: O Sorriso da Hiena | ISBN: 8576865947 | Ano: 2017 | Especificações: 266 páginas | Editora: Verus| Comprar: Amazon

[Esse livro foi enviado pela Grupo Editorial Record]

Leia Também

28 Comment

  1. Uau, que livro mais sombrio.. haha.. mas parece ser interessante. Eu fico doida quando estou lendo um livro e eles repetem detalhes tbm.. haha.. bjs

    http://www.deboradahl.com

    1. Dai Castro says: Responder

      É uma trama bem pesada mesmo Débora, mas o suspense é bem bacana :)

  2. Eu QUASE comprei esse livro agora na Book Friday! Não comprei justamente por não saber da história, mas depois da sua resenha eu fiquei super interessada! Nunca que eu ia imaginar que era uma história densa desse jeito, e apesar dos pesares provavelmente vou dar uma chance pro livro no futuro!

    1. Dai Castro says: Responder

      Acho que vale a pena dar uma chance sim Marcela, se não me engano esse livro estava um precinho muito bom na bookfriday, né? :)

  3. Olá
    Ainda não li, mas a história me chamou atenção. Não é meu estilo de leitura, acho até um pouco pesada.. mas me pareceu ser bem reflexiva quanto essa questão da maldade humana.
    Parabéns pela resenha, adorei!
    Beijos!

    1. Dai Castro says: Responder

      É bom ler algo diferente do que estamos acostumados as vezes, né? :)

  4. Amei sua resenha, despertou minha curiosidade pra ler :D

    1. Dai Castro says: Responder

      Oba! Fico feliz que tenha gostado!

  5. Admito (ainda que amargamente) que não consigo ler livros nacionais. Não sei o que acontece mas acho difícil a forma como os autores brasileiros escrevem me cativarem. Apesar que um dos meus favoritos é nacional, Bate Coração do autor Gustavo Reiz (muito bom, recomendo!). Estou pensando em dar uma chance pra essa obra porque além dos livros brasileiros serem mais baratos, sua resenha me cativou.

    1. Dai Castro says: Responder

      Eu também tinha um pouco de dificuldade de ler nacionais, mas acho que esse livro pode ser um bom começo para você!
      Já anotei a sua dica! Beijos!

  6. nunca tinha ouvido falar nesse livro e ja ADOREI! adorei essa vibe de crime visceral mesmo, fiquei curiosa pra ler

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    1. Dai Castro says: Responder

      hahaha! Que bom que te despertou interesse Lívia :)

  7. Esse livro me tirou da minha zona de conforto e me deixou pensando pra caramba sobre algumas coisas. Gostei da escrita dele mas essas leituras violentas não são muito a minha praia hehhe!

    1. Dai Castro says: Responder

      É… tem passagens bem violentas mesmo!

  8. É um livro que tenho muito vontade de ler por causa da popularidade dele.
    Já vi muita gente elogiando o autor e fiquei curiosa. Apesar de ler resenhas que não foram tão positivas com a obra em si,
    Porém quero dar uma chance sim e vc me deixou com mais vontade de comprar hahaiuhaua

    1. Dai Castro says: Responder

      Eu também tinha uma curiosidade enorme com relação a esse livro! Lê depois conta pra gente pfv! hahaha!

  9. Andressa Ferrer says: Responder

    Já perdi as contas de quantas vezes me deparei com a capa desse livro lá pelo instagram, rs. Eu sabia que ele era um suspense, mas não sabia que era tão pesado assim :O Eu adoro livros assim, que apesar de terem pontos que nos incomode um pouco, tem uma trama tão instigante que não te deixa desgrudar os olhos da leitura. Enfim. Acho que vou dar uma chance pra leitura qualquer dia desses, hehe.
    Beijos :*

    1. Dai Castro says: Responder

      Ah dá uma chance sim, é um livro que prende bastante a nossa atenção! Espero que goste!

  10. Oi Dai, achei a história do livro bem doida. Especialmente esse envolvimento do psicólogo com o assassino ~ ambos teriam que ser sociopatas bem perigosos para isso dar certo, né? Mas a premissa é curiosa e livros com investigações policiais sempre rendem momentos interessantes. Um beijo!

    1. Dai Castro says: Responder

      Sim! Os dois precisam já ter uma inclinação ou uma boa motivação para algo tão sinistro assim!
      O.o

  11. Quanto mais tento diminui minha lista de livro, mas ela aumenta (rsrs). Adorei sua resenha e embora o livro tenha pontos negative, fiquei bem curiosa para ler-lo. Gosto da temática e quero explorar mais da leituras nacionais.

    1. Dai Castro says: Responder

      Ah vale super a pena apesar desses pontos nem tão positivos! Espero que goste!

  12. Eu ouço sobre esse livro desde o início.
    Só leio resenhas positivas, muito bom saber outra opinião.
    Tá aqui no meu kindle faz tempo.
    Vou ler com certeza.

    1. Dai Castro says: Responder

      Ah lê sim! Depois nos conta o que achou! :)

  13. Oi Dai, tudo bem com você?
    O clima desse livro é muito bom, tem aquele começo devagar e já te traz umas cenas horríveis do assassinato, então já começa impressionante. Os jogos psicológicos fazem o leitor descobrir os motivos, o passado do criminoso em pequenas doses. O livro não é de terror, mas teve uma hora que eu fiquei me tremendo, não sabia o que ia acontecer com os personagens com os quais tive um carinho maior. Em outros capítulos eu desabei de chorar, posso dizer que o Gustavo conseguiu construir uma história com várias faces: a aterrorizadora, a calma, a emocionante (como o capítulo 16, que quebrou meu coraçãozinho em pedaços pequeninos), enfim.
    Beijos!

    1. Dai Castro says: Responder

      O livro tem realmente cenas bem fortes, o ponto mais alto é a questão do terror psicológico mesmo! Li a sua resenha lá no World to Read e percebi que você curtiu bastante mesmo! <3

  14. Eu já li e infelizmente não gostei :( Tava com altas expectativas para o livro, mas não passou nem perto do que eu esperava.
    Mas vim ver sua resenha porque fiquei curiosa pra ver sua opinião hehe E fico feliz que você tenha gostado. Sempre que não gosto de um livro, torço para outras pessoas terem uma experiência de leitura melhor que a minha. Muita gente gostou, né, eu sou meio do contra mesmo hahaha
    Achei sua resenha muito boa e concordo com pontos que você destacou!

    Beijos ♡

    1. Dai Castro says: Responder

      Gostei, mas também esperava mais viu? Eu também gosto de ver opiniões diferentes da minha em relação a um livro ou filme, paro pra refletir um pouco mais sobre o que vi/li!
      Beijão <3

Deixe uma resposta