Histórias de Guerra geralmente acabam ganhando um lugar especial no meu coração de leitora.

Com o Diário de Myriam isso não foi diferente, ao percorrer as páginas entrando em contato com o relato de uma garotinha a registrar as transformações do seu cotidiano, em decorrência de uma guerra que ainda encontra-se em curso, foi algo bastante intenso de presenciar.
Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Cheiros, risos, cores. Tantas lembranças que me fazem recordar minha vida de antes. Lembranças que são como miragens. Tão distantes daquilo que vivo hoje. Daquilo que vejo. Daquilo que sinto.

Incentivada pela mãe, os escritos do diário de Myriam Rawick, começaram a ser registrados desde Junho de 2011 quando Myriam tinha apenas seis anos. A ideia do livro tomou forma partir da colaboração do jornalista correspondente de guerra francês Philippe Lobjois, que a auxiliou no enriquecimento das informações e memórias, possibilitando contar ao mundo pela ótica de uma criança os horrores da Guerra Civil Síria.

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

O Diário de Myriam | A história

Myriam Rawick faz parte de uma minoria cristã. Nascida em Alepo considerada a capital econômica da Síria, a garota nos conta através de uma linguagem simples e acessível, a transformação das pessoas e dos locais frequentados por sua família, a um cenário completamente desolador de caos e incertezas trazidos pelos conflitos.

Vemos aos poucos a proporção da gravidade do conflito tomando forma na vida de pessoas comuns. Como as manifestações contra o governo do ditador Bashar al-Assad ganharam destaques nos noticiários, como os sons de disparos de metralhadora tornaram-se parte da cacofonia habitual da cidade e como os bombardeios estabeleceu o caos na vida de tantas famílias, que viram-se obrigadas a deixar para trás, os seus lares, os seus pertences, a sua história.

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Quando a gente abre as janelas, não tem um barulho de vida sequer. Não existem flores, não existem cores e até os pássaros já nos deixaram.

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Embora as passagens no diário, em sua grande maioria, sejam bem curtinhas, os escritos de Myriam nos dá uma proporção bem satisfatória para fazer um comparativo com a realidade da região antes e depois da guerra. Alepo, era o lar de muitas famílias, é chocante e extremamente triste visualizar tamanha destruição. No site oficial do livro estão disponíveis algumas imagens do antes e depois de alguns locais após os bombardeios.

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

É importante ressaltar que o livro não tenta explicar a natureza do conflito. O texto se mantém fiel a percepção inocente que Myriam teve da realidade na época, muitas vezes, sem compreender totalmente os rumos e consequências da guerra.

O material que encontramos no livro é bem bacana inclusive, para ser trabalhado com crianças, assim como O Diário de Anne Frank foi capaz de apresentar a tantas pessoas os acontecimentos da Segunda Guerra Mundial sob uma nova perspectiva, O Diário de Myriam através das passagens do seu dia a dia ao longo desses sete anos, também é capaz de nos informar um panorama político e social importante da Guerra Civil da Síria.

Sobre a edição

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

Tenho treze anos. Cresci rápido, rápido demais. Sei reconhecer as armas, sei reconhecer as bomba. Sei quando é preciso se esconder e como se deve esconder. Mas, principalmente, sei o que é a morte. A perda de pessoas que se ama, e o medo de morrer.

Resenha do Livro O Diário de Myriam Darkside Books

O livro foi lançado pelo selo Dark Crânio, uma linha editorial de não-ficção da DarkSide Books. Diferente dos outros livros da caveirinha, essa edição não é capa dura, porém, encontramos aqui todo o cuidado na arte e diagramação que já vemos no trabalho da editora.

Eu fiquei super feliz de ter recebido a cópia antecipada dessa obra, e posteriormente um pacotinho cheio de amor com esse livro e uma ecobag bordada como a ilustração da capa. O meu único pesar foi o de não ter conseguido publicar esse conteúdo antes, porém, sempre é tempo de recomendar bons livros e O Diário de Myriam é com certeza, um deles.

Espero que tenham gostado pessoal! Vocês já conheciam essa obra? 

Classificação do livro: 5 estrelas

Título: O Diário de Myriam | ISBN: 8594541228 | Ano: 2018 | Especificações: 320 páginas | Editora: Darkside Books | Comprar: Amazon

[Esse livro foi enviado pela Darkside Books]

RELATED POSTS

24 Comments

  1. Responder

    Luana Souza

    8 de agosto de 2018

    Minha resenha do livro sai essa semana. A gente quase saiu combinado hehe.
    Esse foi um dos livros que mais me tocou esse ano. É tão sensível, e nos faz olhar com outros olhos para a guerra na Síria. Terminei o livro com lágrimas nos olhos e com vontade fazer de tudo para poder ajudar as pessoas que vivem com aquele horror.
    As fotos estão lindas, assim como a resenha, Dai *-*
    beijos.

    • Responder

      Dai Castro

      9 de agosto de 2018

      haha já vou ficar ligada pra ir lá conferir a sua resenha! É realmente um livro muito tocante que mexe com a gente, né?
      Obrigada Luana <3

  2. Responder

    Eva Camargo

    8 de agosto de 2018

    Conheci a obra no instagram recentemente num stories da DarkSide. É a primeira resenha que leio do livro e gostei bastante.

    Acho que assim como O Diário de Anne Frank, O Diário de Myriam é tocante por ser justamente a visão de uma criança de um acontecimento assustador – até para os mais velho. Livros com essa pegada conseguem prender e nos deixar catatônicos, pois ler a partir de uma visão de criança algo sôfrego é torturante. Dá vontade de por no colo e proteger, né?

    Quero um dia ler esse livro! E espero um dia que não haja outras Myriam’s! #paz

    Amei a resenha, beijos
    com amor, Eva.
    amavelgirassol.blogspot.com

    • Responder

      Dai Castro

      9 de agosto de 2018

      Sim é bastante assustador até para os adultos, quando vemos imagens dessas crianças em reportagens por aí, isso já mexe com a gente, ler os registros de um diário é mais intenso ainda.
      Recomendo muito a leitura e fico feliz que tenha gostado da resenha <3

  3. Responder

    Clayci Oliveira

    9 de agosto de 2018

    Eu fiquei é apaixonada por essa fotos *_* isso sim.
    Eu vi o livro na bienal, mas não trouxe por causa do preço. Mesmo assim ainda quero comprar e ler e, breve *_*

    • Responder

      Dai Castro

      10 de agosto de 2018

      Você vai adorar clayci <3

  4. Responder

    Kaila Garcia

    9 de agosto de 2018

    Você é tão delicada na hora de escrever sobre algo e fotografar, fico inspirada quando leio seus posts. Ainda não conhecia esse livro, mas amo histórias de guerra. Por mais que seja forte, os ensinamentos são indescritíveis!

    http://www.kailagarcia.com

    • Responder

      Dai Castro

      10 de agosto de 2018

      Obrigada Kaila, de verdade <3
      Sim muito ensinamentos com essa leitura !!

  5. Responder

    Camila Faria

    9 de agosto de 2018

    Oi Dai, não conhecia o livro, fiquei bem impressionada com o projeto. Essas histórias reais de guerra são sempre muito impactantes, acho importante demais ler e ficar a par dos vários pontos de vista sobre os conflitos. Uma indicação maravilhosa, gostei demais!

    • Responder

      Dai Castro

      10 de agosto de 2018

      Ahh esse livro é maravilhoso Camila! Feliz em saber que curtiu essa indicação literária por aqui!

  6. Responder

    Aléxia Macêdo

    10 de agosto de 2018

    Sinceramente, Dai, eu não sei lidar com a qualidade dos livros da Darkside. Olha que edição fantástica! As suas fotos ficaram ótimas! ☺ E eu adorei saber mais do livro. Livros que se passam em períodos de guerras também sempre acabam ganhando um espaço no meu coração ♥ https://osdeliriosliterarios.blogspot.com

    • Responder

      Dai Castro

      10 de agosto de 2018

      A edição está um amorzinho mesmo!
      Muito obrigada Aléxia!
      Beijos!

  7. Responder

    Váh

    13 de agosto de 2018

    Primeiro, que fotos lindas! ♥
    Achei o livro, a capa e os detalhes muito amorzinho.
    Não sou fã de histórias de guerra, mas gostei desse ;)

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    • Responder

      Dai Castro

      14 de agosto de 2018

      Ahh que bom que gostou váh <3
      Um beijo!

  8. Responder

    samanta dafini

    13 de agosto de 2018

    uau, estou impressionada com este post!

    http://dosedeestrela.blogspot.com/

    • Responder

      Dai Castro

      14 de agosto de 2018

      Que bom que gostou ;)

  9. Responder

    Yasnaya

    14 de agosto de 2018

    Minha matéria preferida é História e estou sempre lendo sobre Guerras, a segunda guerra mundial, com certeza, me afeta mais. Tenho muita curiosidade em tentar entender a razão desses conflitos.
    Quando li a respeito do livro me animei muito, mas como tinha a participação de um jornalista, não fui muito convencida sabe, isso não tira de forma alguma o mérito do livro, porque reproduz a guerra com os detalhes de um nativo. Mas a proposta de diário já é alterada, pois é muito pessoal, não é um livro de ficção de sofre muitas edições e opiniões alheias, esse é meu pensamento, pode ser apenas preconceito, mas no momento, ainda não fui instigada a ler, mesmo depois da sua resenha, que está ótima e com fotos lindas! Só que esse detalhe me incomoda afff chata né!

    • Responder

      Dai Castro

      14 de agosto de 2018

      Acho normal termos esse tipo de opinião, até porque não sabemos até onde vão as edições, né?
      Mas como é a única maneira de entrar em contato com histórias de guerra nesse formato, acabo não me importando tanto com isso, sabe?
      A segunda guerra mundial é um tema que eu gostou bastante também haha
      Um beijo!!

  10. Responder

    Livia

    14 de agosto de 2018

    que fotos maravilhosas vc tirou, como sempre né, eu amei a capa desse livro com os botoes, eu que adoro historias de guerra ja quero muito ler esse livro!

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    • Responder

      Dai Castro

      14 de agosto de 2018

      A edição está tão bonita, né?
      Espero que aproveite a leitura Livia <3

  11. Responder

    Daniela Farias

    15 de agosto de 2018

    Adorei a resenha e que edição linda! A DarkSide sempre capricha né?
    Eu quero esse livro já, mas não sei se eu tenho estruturas para ler esse tipo de história. :(
    Beijo grande!

    • Responder

      Dai Castro

      16 de agosto de 2018

      Esse livro mexe com o nosso emocional mesmo!
      E a edição é um amor mesmo!
      Beijos!

  12. Responder

    Stephanie Ferreira

    3 de setembro de 2018

    Este livro está super na minha wishlist desde o lançamento. Eu PRECISO terminar o que estou lendo logo pra comprar e ler este, sério to doida ♥

    • Responder

      Dai Castro

      3 de setembro de 2018

      Vale a pena, viu? É um livro que recomendo muito!

LEAVE A COMMENT