FESTIVAL01

Sábado, dia primeiro de Agosto fui ao 37º Festival das Cerejeiras no Parque do Carmo. O dia estava bem ensolarado e então aproveitamos para conferir a florada das Sakuras, essa belíssima árvore de origem asiática.

O Festival atraiu muita gente. O Bosque das Cerejeiras ficou realmente pequeno para um público tão grande. Além das Cerejeiras carregadas de flores o festival reuniu dezenas de apresentações que ocorreram durante os três dias do festival, além de uma área com barracas de culinária japonesa.

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

Essa foi a primeira vez que fomos ao Parque do Carmo. Para quem não conhece a região de Itaquera achamos a área com pouca sinalização e tivemos um pouquinho de dificuldade de encontrar a entrada principal do parque. A solução foi estacionar em uma das ruas ali perto e fazer um trecho a pé.

Aliás, é preciso fazer uma boa caminhada para se chegar ao Bosque das Cerejeiras. O Parque do Carmo é bem extenso possui uma vasta área verde, gramado e lagos com patinhos!

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

Eu e o Re não somos muito fãs de locais muito cheios e confesso que sofremos um pouquinho com a superlotação. Justamente por isso nem nos arriscamos a encarar as enormes filas que se formaram ao redor das barracas de comidinhas japonesas e assistimos uma das apresentações de dança a uma boa distância.

Cada Cerejeira era extremamente disputada. Praticamente todas já estavam ocupadas com pessoas praticando o Hanami o ritual de sentar-se embaixo das Sakuras em flor para contemplá-las.

Fiquei devaneando sobre a possibilidade  de aproveitar um lugar tão lindo com tranquilidade, deve ser uma sensação de muita paz. Mas, o parque só permanecerá florido por no máximo mais uma semana, o que justifica a reunião de tanta gente no final de semana mais bonito do parque.

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

Diante de um cenário como esse é praticamente irresistível não querer registrar tudo em fotos. O que mais se via eram celulares e câmeras fotográficas :) Porém, também vi muitas pessoas arrancando algumas flores ou até mesmo grandes ramos das árvores. Já pensou se todos que lá foram resolvessem arrancar um ramo de Cerejeira para compor uma bela foto? Acho que é preciso aprender a apreciar sem destruir ou ceifar algo tão belo!

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

festivalcerejeiras-colorindonuvens11

festivalcerejeiras-colorindonuvens12

Estou completamente encantada com as Sakuras. Acho que é uma das flores mais bonitas que já vi! E para finalizar quero só agradecer a companhia do namorado que foi tão gentil e paciente comigo <3

FestivalCerejeiras-ColorindoNuvensFestivalCerejeiras-ColorindoNuvens

E vocês também foram conferir esse Festival? Beijos e até a próxima!

Facebook ♡ Twitter ♡ Instagram ♡ Bloglovin

RELATED POSTS

10 Comments

  1. Responder

    Esmalte & Cia

    3 de agosto de 2015

    Que lugar lindo , amei as fotos
    http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    • Responder

      Dai Castro

      3 de agosto de 2015

      O Bosque das Cerejeiras é um dos lugares mais bonitos que já vi <3 Beijos!!

  2. Responder

    Beatriz Cavalcante

    3 de agosto de 2015

    As cerejeiras estavam incríveis e bastante disputadas também, haha. Não consegui ficar de baixo nenhuma mas aproveitei para tirar bastante fotos. ♥

    Sobre as filas das comidinhas: bem triste. Tinha muita legal que eu tava afim de experimentar mas acabei indo só na barraquinha de doces porque era a mais vazia. Mesmo assim super valeu a pena o passeio. Essa foi minha primeira vez no festival de cerejeiras e já quero ir ano que vem de novo. :’)

    Ah, e as fotos ficaram incríveis! <3333

    Beijos!

    • Responder

      Dai Castro

      4 de agosto de 2015

      Obrigada Beatriz! As Cerejeiras estavam lindas mesmo, valeu a pena encarar um lugar tão cheio! Ano que vem tbm gostaria de ir novamente, mas se tiver oportunidade iria dia de semana, fora do festival mesmo, só pra aproveitar as sakuras com maior tranquilidade <3 Beijos!!!

  3. Responder

    EuVocê&oslivros

    4 de agosto de 2015

    Dai que lugar lindo =O
    Fiquei apaixonada, queria conhecer pra registrar muitas fotos bacanas!
    Minha mãe ficaria louca em um grau elevado kkkk
    Bjos

    • Responder

      Dai Castro

      4 de agosto de 2015

      É um lugar lindo mesmo hahaha <3 Se tiver a oportunidade de ir ano que vem, vale a pena!! Beijos!

  4. Responder

    Raquel Leal

    5 de agosto de 2015

    Eu moro perto do Parque do Carmo, se o trânsito estiver bom, levamos uns 10 minutos de carro até lá, e como vou para lá desde criança, eu nunca parei para pensar na questão da sinalização para encontrar o parque, não sabia que era esta dificuldade toda.

    Eu como você, não suporto lugares lotados, por isso acabei indo na sexta-feira e olha que estava cheio também, mas fique sabendo que no sábado estava o dobro ou triplamente mais cheio.

    Eu amoooo de paixão este evento, as sakuras são realmente lindas. Vale à pena o esforço para vê-las.

    Obs. Também vi algumas pessoas arrancando os galhos e achei um absurdo isso. (Um amigo disse que dá para plantar através de um galho mesmo da árvore).

    Beijos Dai.

    • Responder

      Dai Castro

      5 de agosto de 2015

      Oi Raquel! Que bom morar perto de um parque tão grande e bonito, mas, para nós (eu e o meu namorado) que nunca tínhamos ido até lá ficamos um pouco perdido sim, poderia estar melhor sinalizado, é que no dia a dia, acabamos nos acostumando com o lugar, né? E agimos no automático. Mas como você disse, é um Festival Lindo e valeu o esforço! Beijos <3

  5. Responder

    Alejandro

    26 de outubro de 2016

    Desculpa a pergunta, mas, qual o nome do tipo de letra que você usou nessa frase “Festival das Cerejeiras”

    • Responder

      Dai Castro

      27 de outubro de 2016

      Usei a fonte Norwester! :)

LEAVE A COMMENT