Livro – Quarto (Emma Donoghue)

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

Desde que conheci o enredo de O Quarto de Jack, filme inspirado em o Quarto da autora Emma Donoghue me interessei de imediato pela história. As minhas expectativas para essa leitura eram altas e posso dizer que, simplesmente, mergulhei no drama vivido pelo esperto garotinho Jack e sua mãe.

A história é contada pelos olhos de Jack que acaba de completar 5 anos de idade. Há sete, a sua mãe, que não conhecemos o nome, vive no Quarto, o cativeiro que ela conseguiu transformar em um universo lúdico para que o filho, crescesse sem o conhecimento da dolorosa situação que se passava, amenizando o sofrimento do encarceramento e principalmente, tentando deixá-lo o mais longe possível dos olhos do Velho Nick, seu captor

Os recursos disponibilizados são poucos, mas a Mãe de Jack usa a sua criatividade para proporcionar o mínimo conforto e diversão para o filho. Assim, caixas de ovos tornam-se uma cobrinha de brinquedo, meias velhas viram fantoches e mesmo as bexigas já murchas tem o seu valor.

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

A rotina dos dois é bem regrada, há horário para praticamente todas as atividades, mas o mais importante é trancar Jack no guarda-roupa assim que o sol (ou o rosto amarelo de Deus) se põe, já que, quando a noite cai o Velho Nick vem visitá-los e quando o sono não aparece, só resta ao garoto contar os rangidos que ele faz na cama e aguardar o momento em que a mãe vem buscá-lo de volta.

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

O universo de Jack é restrito apenas aquelas quatro paredes. As pessoas da tv, as cidades ou as árvores e os animais não são reais para ele, assim lhe foi ensinado desde cedo: do lado de fora do Quarto, não há nada além do espaço sideral.

O mais interessante é que a história não é focada no ato criminoso, o Velho Nick  é peça importante de toda construção da trama mas os abusos estão longe de ser o foco. Nos deparamos com os desafios diários da sobrevivência de uma mãe e seu filho tentando não sucumbir ao desespero diante de uma situação extremamente angustiante.

Como vemos os fatos por meio do ponto de vista de uma criança, temos que interpretar o que é visto e sentido por Jack para entendermos toda a situação. Muitas vezes o seu pensamento torna-se confuso, sempre regado a brincadeiras e histórias que aprendeu. Esse modo de escrita foi, sem dúvida, uma aposta arriscada da autora, apesar de em alguns momentos tornar-se um pouco repetitiva, ela conseguiu segurar as pontas do início ao fim e durante a leitura somos invadidos por diversos sentimentos.

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

Quarto - Emma Donoghue colorindo nuvens

Quarto é dividido, basicamente, em duas partes principais. Na primeira o que predomina é um constante sentimento de suspense diante de situações que nos fazem prender a respiração. Já em sua metade final nos deparamos com os novos desafios vividos por Jack e sua mãe e refletimos sobre a ação exagerada da mídia em casos tão delicados como esse e as consequências que tal exposição pode causar as vítimas.

Essa edição de Quarto da Verus Editora está muito bonita com uma capa bem clean. O livro tem 350 páginas, mas a leitura flui bem. É uma história que demora a sair da nossa memória, ainda mais se pensarmos que casos como esse já aconteceram de verdade ou quem sabe, podem estar acontecendo nesse exato momento.

O próximo passo é assistir a adaptação. A atuação de Brie Larson lhe rendeu o prêmio de melhor atriz. Estou curiosa para conferir!

Vocês já leram esse livro? O que acharam? Até mais pessoal! :)

Facebook ♡ Twitter ♡ Instagram ♡ Bloglovin

[Esse livro foi enviado pelo Grupo Editorial Record]

Leia Também

32 Comment

  1. Ainda não li o livro, mas fiquei bem agoniada com o filme. Era como se eu estivesse naquele cubículo junto com os dois.
    A atuação do Jacob Tremblay também foi demais! Que criança maravilhosa! <3

    1. Dai Castro says: Responder

      Com o livro não é diferente, viu? A gente se sente parte da história vivendo naquele quartinho com o Jack e a mãe dele. É bastante intenso! Agora estou doida para assistir, o que farei em breve haha :)

  2. Eu ainda não assisti o filme, acredita? Estou enrolando demais hahahaha. Eu vi o livro em uma livraria semana passada e fiquei tentada em comprar, mas estava sem 1 real no bolso. Super quero!

    1. Dai Castro says: Responder

      Vale a pena Clay! Agora quero ver o filme, com certeza :)

  3. Oi Dai! Interessante, na vdd vi o trailer do filme antes de saber que era um livro. Pra ser sincera, pelo trailer fiquei meio perdida sobre o que se passava. Mas com todas as críticas positivas para o filme e pelo livro vou conferir sim ou um ou outro. Beijos beijos!

    1. Dai Castro says: Responder

      Confere mesmo Bruna, espero que goste ;) Beijos!

  4. Eu to vendo esse livro/filme sendo tão bem comentado que estou louca para ver. Fiquei muuuuuuuuito curiosa sobre o motivo dos dois viverem num quarto e sua resenha conseguiu fazer eu ficar mais curiosa ainda. Pensava que ia encontrar alguma pista mas continuo sem saber muito bem. Acho que vou ter que ler o livro, né? haha

    Beijos!

    1. Dai Castro says: Responder

      Lê sim hahaha! Espero que goste da leitura :)

  5. Eu queria muito é conferir o filme, pela sua resenha do livro já dá para entender que é uma história bem emotiva e daquelas que mescla drama com sentimentos :/ Sua resenha ficou muito bacana, só despertou mais ainda a minha curiosidade!

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    1. Dai Castro says: Responder

      É uma leitura muito intensa mesmo e desperta os mais variados sentimentos na gente. Fico feliz que gostou :) Beijos!

  6. Acabei de começar a ler o livro. O filme me deixou agoaniada por uma semana! Estou até apreensiva em relação ao livro, porque, em geral, os livros mexem mais com a gente do que os filmes. Veremos! Amei essa edição clean. As letras aquareladas estão incríveis. Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    1. Dai Castro says: Responder

      Hum que legal Lu!!! Espero que goste da leitura! E concordo, livros conseguem mexer muito mais com a gente! Beijos!

  7. Eu quero ler esse livro, mas ao mesmo tempo fico com medo, acredita? Acho que vou chorar, tem cara de ser um livro desse tipo… Mas minha curiosidade tá tão grande que pode ser que eu supere o medo para ler e saber o que acontece no final.
    Beijos
    Mari

    1. Dai Castro says: Responder

      O tema é tenso e a história é bem sensível Mari, mas é muito interessante observar essa situação através dos olhos de uma criança, só por isso, já vale a leitura!! Beijos!!

  8. Quero tanto, TANTO assistir ao filme e, claro, ler o livro. Tenho certeza de que é uma daquelas histórias angustiantes que mudam nossa forma de olhar pra certas coisas para sempre.
    Só de imaginar essa situação que eles vivem, só de pensar que acontece todos os dias… Ai, já é motivo pra refletir a que ponto desumano pode chegar o ser humano.

    1. Dai Castro says: Responder

      É uma história que demora a sair da nossa memória. Espero que goste da leitura!!!

  9. Oii Dai!
    Meu grande receio em ler esse livro e ver a adaptação para os cinema é que fosse pesado demais para corações emotivos como o meu haha
    Parece que o livro é mais intenso do que pesado né?!
    O que me tranquilizou foi que você disse que o ato criminoso em si não é o foco, logo estou mais encorajada a ler.
    Adorei a resenha, e suas fotos ficaram lindas <3

    1. Dai Castro says: Responder

      O tema é suavizado porque vemos a história pelos olhos do garotinho Jack, achei muito legal esse aspecto da história! Fico feliz que tenha gostado do post <3

  10. Oie Dai =)

    Depois que terminar Espada de Vidro, o Quarto será minha próxima leitura. Apesar de não ser um gênero que eu leia muito, sempre foi uma história que me deixou curiosa.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

    1. Dai Castro says: Responder

      Que legal Ane!! Espero que goste da leitura <33

  11. Oi Dai, acho que o livro deve ser incrível. Imagino que seja mais detalhado que o filme, que eu gostei (mas não me envolvi tanto assim). Adoraria ler um dia!

    1. Dai Castro says: Responder

      Agora eu quero ver o filme :) Para poder comparar as obras haha! Beijos!

  12. Nossa, quero muito ler esse livro! Eu assisti O Quarto de Jack (até fiz resenha esses dias) e é um filme intenso, delicado, muito lindo, e o pequeno Jack é apaixonante. Realmente é uma história que permanece na nossa mente e rende assunto por horas!
    Beijo

    1. Dai Castro says: Responder

      Preciso assistir também! Vejo muitas criticas positivas. Quanto ao livro, recomendo muitíssimo a leitura, espero que goste tanto quanto o filme :) Beijos!

  13. Fiquei muito curiosa por este filme e nem sabia que era baseado em um livro. Fiquei muito surpresa e ainda mas curiosa! Adorei a resenha, e principalmente isto do livro ser dividido em duas partes!

    1. Dai Castro says: Responder

      O filme também havia despertado a minha atenção, quando vi que era baseado num livro fiquei com vontade de ler na hora!! :)

  14. Eu não sabia que tinha sido inspirador no livro, fico feliz que ainda não assistir ao filme, porque eu gosto primeiro de ler o livro e depois ver ao filme. Só de ler sua resenha já ficou emocionada, acho que vou te que ir lendo com uma caixa de lenço. Mas, mesmo assim eu vou ler, é uma tema bem forte e interessante.
    Beijos,

    1. Dai Castro says: Responder

      Lê sim Fran!E pode ficar tranquila que o tema do livro é suavizado por conta do Jack! Espero que goste :)

  15. Eu vi o trailler deste livro esta semana e fiquei muito interessada, eu já ouvi falar do livro, mas quando li a resenha, fiquei com receio de ser um livro muito angustiante, e acabei desistindo, mas depois de ver o trailler fiquei com vontade de conhecer a história.

    Beijos Dai

    1. Dai Castro says: Responder

      Vale a pena ler Raquel, o tema do livro é bem tenso, mas vemos a história pelos olhos do Jack e ele tem um olhar bem puro, o que deixa a história bem mais suave!

  16. Adorei ver suas impressões sobre o livro Dai! Sempre que leio algo quero saber o que todo mundo achou também haha
    Gostei muito da resenha (como sempre), acho que você conseguiu colocar muito bem em palavras tudo que o livro transmite! E as fotos estão lindas também <3
    Tô louca pra ver o filme também! Já era pra eu ter visto há umas duas semanas, mas minha irmã quer ver também e fica me enrolando u_u
    Beijos :**

    1. Dai Castro says: Responder

      Também sou assim, adoro ver as opiniões das outras pessoas que também leram… Fico feliz que tenha gostado da resenha e também estou doida para ver o filme, coisa que pretendo fazer em breve ^_^ Beijos!

Deixe uma resposta