Resenha do Livro: Jurassic Park de Michael Crichton | Editora Aleph

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

A resenha de Jurassic Park foi um post que ficou bastante tempo morando na minha lista de rascunho, o motivo? Gostaria de ter um dinossauro de plástico para fazer as composições das fotos, e realmente não estava a fim de me render a outras opções :)

Finalmente com o meu estegossauro em mãos, pude juntar alguns elementos para fotografar esse livro lindo da Editora Aleph, que por sinal, vem lançando edições incríveis de alguns clássicos de ficção científica e me deixando com muita vontade de ter vários deles na minha estante! Se você ainda não viu, já rolou a resenha de Planeta dos Macacos por aqui, para quem gosta de sci-fi recomendo muitíssimo a leitura.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Bem-vindos ao Jurassic Park. Vocês estão entrando agora no mundo perdido do passado pré-histórico, um mundo de criaturas poderosas que há muito tempo partiram da face da Terra, o qual vocês terão o privilégio de ver pela primeira vez.

Entre muitos lançamentos maravilhosos, eis que descobri o livro do Jurassic Park, eu simplesmente, não fazia ideia que o filme tivesse sido baseado em uma obra literária e embarquei nessa leitura com muitas expectativas :)

Jurassic Park | A história

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Acho que todo mundo já sabe do que a trama se trata, né? A adaptação lançada em 1993 pelo Spielberg é sensacional, mas você está muito enganado se estiver pensando que o livro não acrescenta em nada a história, muito pelo contrário, comparado ao filme, o livro se mostrou superior em diversos aspectos.

O cenário para a história é a Ilha Nublar, um território fictício da Costa Rica onde o milionário John Hammond colocou a sua ousada ideia em prática: recriar o período Jurássico clonando dinossauros e os transformando em atração turística em seu parque de diversões.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Vivemos em um mundo de obviedades terríveis. É óbvio que você vai se comportar assim, óbvio que vai se importar com aquilo. Ninguém para e pensa nas obviedades. Não é espantoso? Na sociedade da informação, ninguém pensa. Nós esperávamos banir o papel, mas na verdade acabamos banindo o pensamento.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Devido aos diversos incidentes ocorridos durante a criação do parque, uma equipe é enviada a ilha para realizar uma avaliação, nela está o paleontólogo Alan Grant, a paleobotânica Ellie Sattler e o matemático Ian Malcolm acompanhados pelo advogado Donald Gennaro. Tim e Lex, netos de Hammond, também são convidados a passar o final de semana na ilha e mal conseguimos acreditar que toda a ação que vem a seguir passa-se em apenas dois dias!

Michael Crichton conseguiu criar um thriller científico de tirar o fôlego. Conseguindo ser bastante claro ao descrever ataques e perseguições, assim como, o comportamento dos dinossauros e a reação dos personagens diante dos inúmeros perigos que irão enfrentar. A ambientação das principais cenas é maravilhosa, a gente se sente parte da ação, e o perigo parece até mesmo palpável.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Percebemos que o autor se preocupou bastante em dar embasamento científico ao seu livro. Para ilustrar, a edição conta com a demonstração de telas do software usado para controle dos animais, assim como, documentos e exames importantes. Os dinossauros também são muito bem descritos com relação as suas características e comportamento, porém, ainda assim tive que recorrer em alguns momentos ao google, pois não conseguia diferenciá-los muito bem.

As reflexões interessantes de Ian Malcolm

Os diálogos mais legais fica por conta de Ian Malcolm e o seu discurso sobre a Teoria do Caos. É ele quem adverte Hammond sobre os perigos do projeto fugir do controle, já que certas situações estão fadadas a desviar-se do caminho inicial por meio de imprevistos, muitas vezes, pequenos demais para serem notados. A quote abaixo exemplifica um pouco dos interessantes argumentos dados pelo matemático em diálogos bem inteligentes sobre a vida na Terra de uma maneira geral.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Meu argumento é de que a vida na Terra pode tomar conta de si mesma. No pensamento de um ser humano, uma centena de anos é um longo tempo. Mas, para a Terra, uma centena de anos não é nada.  Um milhão de anos não é nada. Esse planeta vive e respira em uma escala muito mais vasta. Temos sido residentes aqui por uma fração de segundo. Se sumirmos amanhã, a Terra não vai sentir nossa falta.

Resenha de Livro jurassic Park Editora Aleph

Se fizermos uma comparação entre o livro e o filme perceberemos que a personalidade dos personagens são bem diferentes em alguns casos. John Hammond, por exemplo, não tem nada do velhinho bondoso que vemos no cinema, na obra de Cricton ele é uma pessoa horrível e extremamente gananciosa. Outro ponto diferente é com relação as crianças, no livro é o Timmy quem tem por volta dos 12 anos e Lex é a mais nova, uma garotinha que me irritou bastante, as vezes.

A obra é muito mais profunda que o filme em diversos aspectos, acho que elas acabam se complementando muito bem! Mesmo quem já assistiu ao filme irá se deparar com muitas surpresas, o que eu achei um ponto positivo para a história.

Já estou com O Mundo Perdido aqui em casa e doida para encaixá-lo nas minhas próximas Tbr. Vocês já conheciam esse livro? Ficaram com vontade de ler? Até mais pessoal!

Classificação do livro: 5 estrelas favorito

Título: Jurassic Park | ISBN: 857657215X | Ano: 2015 | Especificações: 528 páginas | Editora: Aleph | Comprar: Amazon

Leia Também

8 Comment

  1. AMEI suas fotos! ai gente, jurassic park é daqueles filmes que formou meu carater haha eu já amei esse livro, quero! essa edição da aleph é mt linda!

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    1. Dai Castro says: Responder

      Filme que marcou muita gente, né? Vale a pena entrar em contato com essa história de uma maneira bem diferente!

  2. Nossa, eu também não sabia que o filme tinha sido baseado em um livro!
    Parece ser bem mais interessante que o filme, ahaha. Bateu curiosidade, simmm!

    Aliás, as fotos ficaram ótimas, realmente compensou esperar pelo dinossauro :)

    1. Dai Castro says: Responder

      Meninaaa, a história é sensacional! hahaha!

  3. “empo morando na minha lista de rascunho, o motivo? Gostaria de ter um dinossauro de plástico para fazer as composições das fotos”
    PQ SERÁ QUE EU ME IDENTIFIQUEI TANTO? ahuhauahuahuauaha
    Sofri para resenhar Time Riders pq não tinha os benditos dinossauros haiuhauihauhauiahuiah

    1. Dai Castro says: Responder

      Eu lembrooo hahahaha! Mas, não tem jeito, quando a gente coloca uma ideia pra foto na cabeça, é difícil tirar !!

  4. AHHHH, você favoritou, que felicidade <3 <3 <3
    Eu sou a louca do Jurassic Park hahahaha O filme é o meu preferido e também só fui descobrir que existia um livro com o lançamento da Aleph. Ainda bem que ele supriu minhas expectativas!
    As fotos ficaram lindas Dai, valeu a espera *-*
    A maior frustração da minha resenha foram as fotos horríveis que eu tirei, um dia tenho que refazer hahaha
    Amei O Mundo Perdido e espero que também goste! E se você já viu o filme, não tem quase nada a ver. Eu já tinha visto mas não lembrava muita coisa. Peguei para ver depois de ler e não gostei, o livro é bem melhor!

    Beijos ♡

    1. Dai Castro says: Responder

      Eu primeiro filme é o mais legal, né? Os demais eu não gostei tanto assim… estou com o próximo aqui na estante, preciso encaixá-lo em alguma TBR, mas está difícil, viu? Eu lembro de falar com você que essa post estava na lista de rascunho hahaha pois é menina, demorei muito para postá-lo! Tenho certeza que as suas fotos não ficaram tão ruins como você diz, mas é tão chato quando não sai do jeito que a gente imaginava, né? <3
      Favoritei simmmm :)

Deixe uma resposta