Relendo Eragon | Ciclo da Herança (Livro 1) Um Reencontro com Saphira

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

A minha primeira experiência de leitura com Eragon foi em 2011 (se não estou enganada), na época eu lia bem menos do que agora, eram leituras esporádicas e esse livro foi uma surpresa que me cativou bastante me deixando bem feliz por conhecer um universo cheio de dragões, elfos, espectros, anões e tantos outros seres fantásticos que o jovem Christopher Paolini inseriu em sua obra.

Essa resenha não será como as outras, principalmente por conta do meu saudosismo com o livro. Hoje reconheço alguns aspectos falhos que passaram despercebidos por mim na primeira leitura, mas não é algo que chega a incomodar, justamente por conta da sensação gostosa de estar retornando a um universo pelo qual já havia estado, revistando lugares e personagens que me marcaram de alguma forma.

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

Eragon | A História

A história de Eragon, o primeiro livro do Ciclo da Herança, traz a clássica jornada do Herói. Eragon é um garoto que leva uma vida simples em um vilarejo, quando durante uma caçada que garantiria a tranquilidade da família durante o rigoroso inverno, encontra uma misteriosa pedra cor de safira, um artefato diferente de tudo o que ele já havia visto.

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

A verdadeira coragem é viver e sofrer por aquilo em que você acredita

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

É dessa pedra azul que nasce um pequeno dragão, marcando a mão de Eragon com um gëdwey ignasia, uma marca prateada brilhante, que o torna um cavaleiro de dragão, o último cavaleiro livre, já que a ordem fora exterminada pelo traiçoeiro Rei Galbatorix.

Alguns eventos inesperados se sucedem e para evitar que mais pessoas entrem na mira do império por sua causa, Eragon decide fugir com o velho contador de histórias Brom, em uma jornada contra o tempo atravessando toda a Alagaësia, enquanto recebe treinamento de seu mentor e fortalece os seus elos com Saphira, o dragão de escamas azuis.

Os aspectos dessa história que eu mais gosto | Contém Spoilers

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

O vento uiva pela noite trazendo consigo um aroma capaz de mudar o mundo.

Antes de mais nada, vale aqui o alerta de Spoiler. Resolvi destacar os pontos que mais gosto dessa história e isso possivelmente, poderá revelar alguns detalhes da trama. Sendo uma série lançada em 2005 e bastante conhecida aqui no Brasil, espero encontrar muitos leitores de Eragon que cheguem a essa resenha para conversarmos sobre o que mais gostamos nessa história!

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

A ligação mental entre Eragon e Saphira: A maneira encontrada pelo autor para dar vida e autonomia aos Dragões me agradou bastante. Esse elo mental entre cavaleiro e dragão, a sintonia entre eles e a mistura de seus sentidos, sentimentos e sensações, reforça bem a ligação inquebrável entre ambos. O desenvolvimento da personalidade da Saphira deu-se muito bem dessa forma, ela é a minha personagem preferida e eu sempre prestava mais atenção a leitura quando ela ganhava voz em seus diálogos com Eragon.

A presença de um mentor: Brom com certeza desempenhou bem esse papel mantendo o seu passado oculto enquanto pode, embora a sua real identidade fosse se tornando bastante óbvia com o decorrer da jornada. Acho que todos sentimos a sua perda e sinto-me um pouco decepcionada que Murtagh logo tenha assumido em partes esse papel na trama, acho que era uma oportunidade muito boa de cavaleiro e dragão conhecerem o mundo por si próprios sem a ajuda de um terceiro, não acham?

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

Construção de universo: É no mínimo, intrigante pensar que o autor escreveu Eragon com apenas 15 anos de idade, gosto bastante da maneira com que o universo em si foi criado. As tramas políticas, jogo de poder, a vida simples em Carvahall e a sociedade dos Varden. Além da inclusão de uma série de criaturas como elfos, anões, humanos, urgals (uma espécie de orcs), espectros, os temíveis Ra’zacs (criaturas horrendas e putrefatas) e claro, os dragões não como animais irracionais, mas seres inteligentes e sábios!

A língua antiga: Já não é segredo que gosto bastante de histórias que envolvam magia. Em Eragon ela aparece comumente associada a uma língua antiga e a gente acaba até aprendendo algumas palavras e termos.

Quadrilogia Ciclo da Herança

Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

Completar a leitura da quadrilogia Eragon está na minha meta de leitura para esse ano. Eu ainda lembrava bastante coisa do primeiro livro, como constatei durante essa releitura, com Eldest está sendo um pouco diferente, pois me lembro de muito menos coisas.

Vou procurar compartilhar por aqui essa minha experiencia de releitura. O único livro totalmente inédito para mim será Herança, livro que encerra a série.Resenha do livro Eragon - Ciclo da Herança

Será que o Dragão Felpudo da Dra. Brinquedo e a Saphira são parentes? haha

Agora me contem, vocês também possuem um carinho especial por Eragon ou sentem vontade de ler? Por favor não se contentem em apenas assistir aquela adaptação horrível, heim? Esse filme é um verdadeiro trauma para quem gostou da leitura de Eragon haha!

Classificação do livro: 5 estrelas favorito

Título: Eragon | ISBN: 8532518486 | Ano: 2005 | Especificações: 480 páginas | Editora: Rocco | Comprar: Amazon

RELATED POSTS

14 Comments

  1. Responder

    Yasnaya

    26 de fevereiro de 2018

    Não li a parte com spoilers, mas é assim mesmo, a gente muda muito, aprende, tenho livros que sou apaixonada e filmes também, mas se eu ler/ver agora, não vai trazer os mesmos sentimentos.
    Fiz isso com Aventuras no Império do Sol, que me marcou muito na adolescência, eu era apaixonada por esse livro, então fui ler de novo e claro, não foi a mesma coisa, porémmm aquela menina que fui um dia, se lembrou da sensação e ficou feliz do mesmo jeito!
    Não sabia da série, amo fantasia, e todo o universo criado por esse gênero.
    Eu nem vi o filme, agora não verei mesmo rsrs
    Vou deixar na minha lista de livros para ler!

    xero

    • Responder

      Dai Castro

      27 de fevereiro de 2018

      Esses livros que nos marcam acabam ficando em um espacinho especial na nossa memória, né? E mesmo que a leitura não seja a mesma coisa, o carinho continua, né? Deixa anotadinho aí quem sabe você não se anima pra ler! <3

  2. Responder

    Ana Letícia

    26 de fevereiro de 2018

    Oii, como vai? Reler um livro querido é uma coisa tão boa, mesmo que a gente lembre de algumas coisas, ainda surgem sensações diferentes, né? Eragon só conheço de nome, ainda não me atrevi a ler, para ser sincera, só agora que comecei a me aventurar pelos livros de fantasia. Adorei a resenha e mais uma vez você arrasou. <3

    • Responder

      Dai Castro

      27 de fevereiro de 2018

      É uma sensação bem bacana revisitar universos pelos quais a gente já passou! Quem sabe você também se anima para ler, agora que está começando a gostar de fantasia! Fico feliz que gostou! Um beijo!

  3. Responder

    Clayci Oliveira

    28 de fevereiro de 2018

    Iniciamos a leitura na mesma época Dai. Em 2011 mais ou menos ganhei a trilogia, lendo que o Herança ainda não tinha sido publicado. De todos os livros o que mais tive dificuldades em concluir foi o Eldest, pois foi nele que encontrei o “defeito do autor”. Ele detalha cenas que são desnecessárias e esquece de dar mais vida para as mais importantes. Lembro que levei uns 5 meses para concluir esta leitura e quase a abandonei por causa desse livro.

    Concordo com tudo que vc disse, principalmente a parte do mentor. O jovem deveria ter tido mais espaço sozinho para aprender a se virar e não ficar na dependência de outras pessoas. Ter alguém para guiar e mostrar o caminho certo, é importante. Mas interferir em cada escolha, não. Chorei muito com a despedir de Brom hahah.

    Amo a conexão dele com a Saphira <3
    E não sei pq estragaram o filme com um enredo tão legal.. Aquele vilão do filme não assusta como o do livro rs

    Boa leitura =D
    Adorei ver mais sobre a saga aqui e vou acompanhar

    Beijão

    • Responder

      Dai Castro

      28 de fevereiro de 2018

      AHHH lemos na mesma época então!! Olha Eldest é beeem parado mesmo! Não me lembrava que era tanto! E estou sofrendo um pouquinho pra avançar, lá se vai quase um mês de leitura e ainda falta bastante pra terminar, mas é aquela coisa, a gente tem um amorzinho pela série então a gente persiste hahaha!

  4. Responder

    Priscila Gonçalves

    28 de fevereiro de 2018

    Nossa, tenho atévergonha de dizer, mas esse livro esta na minha lista e eu sempre adio a compra. Já ouvi algumas pessoas dizerem mesmo que algumas situações passam despercebido. Fiquei boba de ver que o autor tinha só 15 anos, eles criam um mundo todo, é incrivel.
    Bjs flooor

    • Responder

      Dai Castro

      28 de fevereiro de 2018

      ahhh as vezes a gente acaba adiando a leitura de um livro por muuuuito tempo e nem percebe, né? Se você gosta de fantasia acho que é uma boa opção pra você! :)

  5. Responder

    Emy

    28 de fevereiro de 2018

    A quadrilogia está na minha meta de leitura para esse ano, eu tenho os dois primeiros volumes (mas li apenas Eragon – e já estou querendo reler também) e preciso comprar os dois últimos. Eu não lembro muito mais da história, já faz um booooom tempo que li, hahaha Mas uma coisa eu não me esqueço: a decepção que foi o filme :(

    Ah, e como sempre, suas fotos ficaram lindas <3

    • Responder

      Dai Castro

      28 de fevereiro de 2018

      É sempre bom reler se já esqueceu os detalhes e só assim passar pro próximo livro, né? Eu pelo menos tenho uma memoria pessima para nomes, haha! Depois quero saber a sua opinião sobre a saga! AHHH feliz em saber que gostou das fotos! Beijos!

  6. Responder

    Thayse

    1 de março de 2018

    Que amorzinho esse livro, que ótima resenha. Fiquei encantada pelos quotes dele, quantas mensagens legais. Fiquei bem curiosa pra ler *-*


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    • Responder

      Dai Castro

      1 de março de 2018

      É uma história bem bacana mesmo!Feliz em saber que gostou <3

  7. Responder

    Mia

    11 de março de 2018

    Eu amo demais essa saga eu li quando era bem novinha (eu acho que devia ter uns 12/13 anos quando li o primeiro), quando eu comecei a ler só tinham saído o Eragon e o Eldest mesmo e depois foi a loucura para ir logo comprar os outros dois quando saíram aqui em Portugal.
    Ao ler a tua review e ver as fotos que postaste no instagram bateu aquela nostalgia mesmo. Acho que ao reler vou notar muitas coisas que me escaparam na época mas espero que também venha aquela sensação boa de reencontro com um universo tão especial para mim. Por tua culpa decidi que vai ser o meu projecto de leitura nas próximas férias. :p

    Adorei a review e as fotos.

    • Responder

      Dai Castro

      15 de março de 2018

      AHHH que amor Mia! Eu estou aproveitando muito essa sensação gostosa de ler uma história tão querida! Espero que essa sensação de nostalgia possa te alcançar também! Espero que esse projetinho de leitura para as férias possa dar certo <3

LEAVE A COMMENT