Filme: The Number 23 (Número 23)

destacada25

The Number 23

Número 23 (The Number 23) divide opiniões. Há quem o ame, há quem o odeie, e sem sombra de dúvidas, faço parte da minoria que conseguiu apreciar o mistério e obsessão acerca do número 23. Muitas são as críticas negativas sobre a temática do filme assim como a atuação de Jim Carrey, eu particularmente achei uma produção interessante, talvez um pouco óbvia em algumas circunstâncias algo que a meu ver não comprometeu sua qualidade.

Jim Carrey estrelando um papel dramático é Walter Sparrow, um simples funcionário do centro de zoonoses de uma pacata cidade dos Estados Unidos que teve sua vida transformada após começar a ler um livro que relata a obsessão de um homem pelo número 23. A história da vida de Fingerling (Jim Carrey) não demora a envolvê-lo intensamente quando Walter passa a notar grandes semelhanças em situações vividas por ele próprio com as passagens do livro.

É através dos inúmeros cálculos e da estranha presença do número 23 em sua rotina, que Walter passa a acreditar que toda sua vida está relacionada ao número que tem o controle de todos os fatos que ocorreram no passado e no que possivelmente estará por vir.

Walter Sparrow e AgathaWalter Sparrow (Jim Carrey) e sua esposa Agatha (Virginia Madsen)

Tirando conclusões aparentemente sem sentido e ficando com sua sanidade cada vez mais comprometida, Walter acredita que suas ações estariam sendo influenciadas através do livro e traçando um paralelo de sua vida com a obra passa a temer que seu destino seja o mesmo do protagonista, tornar-se um assassino. Dessa forma, inicia uma busca ao paradeiro do autor da obra a fim de solucionar o mistério da história que ele acredita ser verídica.

Interpretando um personagem altamente perturbado, Jim Carrey pôde mostrar seu amadurecimento profissional abandonando pelo menos por hora, seus trejeitos e expressões faciais exageradas que tanto conhecemos. Completando o elenco principal temos Agatha (Virginia Madsen) como a esposa de Walter e o filho do casal Robin interpretado por Logan Lerman, o próprio Percy Jackson.

O filme dirigido por Joel Schumacher não é muito dinâmico, talvez o que mais tenha incomodado os críticos seja a abordagem de um único tema aparente simples e repetitivo, porém para mim tenha permanecido interessante e envolvente até a solução do mistério.

Jim Carrey- Numero 23Walter no auge da sua obsessão

A ideia de fazer um filme sobre o número tem certo fundamento histórico. 23 é um número que possui bastante simbolismo, acredita-se que de alguma maneira tudo no universo está interligado com o número que está presente em datas e fatos importantes da humanidade, sendo considerado sagrado em algumas religiões e possuindo grande importância na numerologia.

Leia Também

Deixe uma resposta