Julie & Julia (2009)| Um Filme que me Inspirou

JulieJulia-ColorindoNuvens

Três anos, um mês e dezessete dias! Esse foi o tempo em que esse post ficou no meu rascunho, já totalmente finalizado, incluindo todas as imagens. Resolvi dar uma organizada nos posts rascunhos esquecidos no blog quando me deparo com esse texto, que conseguiu falar tanto comigo mesmo depois desses anos. Me lembro de estar um tanto melancólica nessa época, era um período meio conturbado, no qual, me sentia totalmente perdida. Acho que a obra me inspirou bastante e agora quero rever. Vou deixar o texto na íntegra, inclusive com a introdução ♡ Espero que gostem!

Pouco mais de dez dias de férias não são suficientes para recarregar a bateria de ninguém… Pelo menos não no meu caso. Mas é tempo de sobra para assistirmos a alguns filmes, sejam aqueles que já estavam na nossa lista de desejos ou algum escolhido aleatoriamente, como o caso de Julie & Julia.

O filme lançado em 2009 que rendeu o Globo de Ouro a Meryl Streep traça um paralelo entre a vida de Julia Child, a icônica apresentadora de programas de culinária da Tv Americana e Julie Powell, que prestes a completar seus 30 anos resolve modificar a sua monótona vida encarando um projeto pessoal ousado: realizar durante os 365 dias do ano, as 524 receitas do livro “Mastering the Art of French Cooking” escrito décadas atrás por Julia.

JulieJulia-ColorindoNuvens

A história é contada intercalando os acontecimentos na vida de Julie e Julia. Apesar de viverem em épocas completamente distintas, as personagens compartilham muitas coisas em comum: Amam cozinhar, escrever e possuem um grande amor em suas vidas, porém, ambas encaram um projeto bem ousado, a primeira tenta terminar o livro que se tornaria referencia da culinária francesa nos EUA, e a segunda busca finalizar o seu ambicioso projeto de retratar todas as suas experiências e opiniões sobre cada receita no seu blog intitulado Julia/Julie Project.

Com seu jeito bondoso e positivo, Julia Child descobre a culinária em sua vida quando tenta vencer o tédio ao se mudar para França, ao lado do marido. Antes de descobrir o seu verdadeiro dom procurou se ocupar com diversas atividades, mas é a beira do fogão, possivelmente encarando o desafio de desossar alguns patos, que a quarentona de 1,88m de altura conseguiu se encontrar.

JulieJulia-ColorindoNuvens

Por outro lado a Julie dos anos 2000, se sentia completamente deslocada na sociedade, rodeada por amigas as quais, não se identificava, atuando num modesto cargo público, passando a maior parte de seus dias presa a uma rotina maçante e completamente sem graça.

Não pude deixar de me identificar com a Julie mais atual. Achei bem interessante como ela se dedicou ao blog e como isso mudou completamente a sua vida. Julia/Julie Project não demorou a alcançar grande sucesso entre os americanos no ano de 2003. Vale lembrar que as duas personagens são baseadas em pessoas reais, o que é mais um motivo para nos inspirarmos em suas trajetórias.

Só quem tem um blog e investe parte da sua vida nele irá entender como esse espaço na internet adquire tamanha importância em nossas vidas. Traçamos nossas próprias metas. Metas essas, que talvez ninguém que está do outro lado realmente se importe ou sequer se lembre. Mas, esse compromisso é acima de tudo com nós mesmos. Nos alegramos quando recebemos algum tipo de reconhecimento ou nos entristecemos quando algo dá errado.

JulieJulia-ColorindoNuvens

Enquanto Julia Child nos ensina que nunca é tarde para corrermos atrás de um sonho, Julie Powell nos prova que até mesmo os mais ambiciosos e improváveis projetos podem virar realidade.

Acho que já deu pra perceber que essa produção me fez mesmo refletir, né? Vocês já assistiram? :)

Leia Também

16 Comment

  1. Vi esse filme umas duas vezes…tentei na verdade, na segunda vez vi até o final mas confesso, achei o final meio decepcionante, sei lá, esperava algo mais, mas, as atrizes foram incríveis mesmo e o filme no geral foi bom.
    Estou cá tentando por os comentários em dia…já tenho dois posts no ar mas sei lá, acho que perdi o jeito pra coisa ou foi tempo demais ausente mas, vamo que vamo,
    Me aguardeeeee
    Bjs

    1. Dai Castro says: Responder

      Ahh é um filme simples, né? Mas que bom que no geral a experiência foi boa para você! Ahhh que bom que está voltando a atualizar o blog !!

  2. Dai!
    Nunca tinha ouvido falar desse filme apesar de ser bem antigo… Fiquei com vontade de assistir!
    É sempre bom conhecer novos filmes/livros, mesmo que eles sejam de anos atrás, hahaha

    Beijos!
    Meraki | Emy Teranishi

    1. Dai Castro says: Responder

      Eu descubro tantos filmes antigos bons <3 hahaha

  3. nossa, eu vi esse filme ha um tempo atras tbm e lembro que adorei! com certeza é uma grande inspiração para a gente correr atrás do que quer

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    1. Dai Castro says: Responder

      SIM *_* bastante inspirador, né?

  4. Eu adoro esse filme!!! Vi pela primeira vez no catálogo da Netflix e acabei assistindo com minha irmã e minha mãe. Desde então, assistimos mais umas 3 vezes juntas hahaha.
    Esse filme é sem dúvida inspirador e até que ele desperta uma vontadezinha de cozinhar também, mesmo naqueles (que como eu) detestam fazer isso hahaha.
    Amei o posto *—*
    Beijinhos <3

    1. Dai Castro says: Responder

      Ahh é uma história bem bacana pra gente se inspirar mesmo! E sim bate até uma vontadezinha de ir pra cozinha inventar algo haha!

  5. Oi Dai
    Eu também tenho uns rascunhos de post perdidos no meu blog.
    E amei esse post ,já está com muita vontade de conferir esse filme .

    Beijão

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    1. Dai Castro says: Responder

      Ahh é bom resgatar conteúdos que acabam esquecidos no nosso rascunho, né? Principalmente se a gente continua se identificando com ele! Feliz em saber que gostou!

  6. Eu já ouvi falar sobre esse filme, mas a sinopse não me interessou. Contudo, a forma que expôs no texto deixou muito mais interesse. Tá aí um dos motivos pelos quais seu blog é um dos meus preferidos.

    Meryl é incrível seja como for, então esse filme deve ser um sucesso a parte. Amei.

    Beijos <3

    1. Dai Castro says: Responder

      Ahhh muito obrigada pelo comentário Eva! O filme realmente me inspirou e a Meryl é realmente uma diva!

  7. nossa, já faz um bom tempo que assisti esse filme mas foi gostoso relembrar um pouco dele lendo esse teu post :) é um filme tão gostoso de assistir né? ♥

    1. Dai Castro says: Responder

      Sim muito gostoso mesmo Ba <3

  8. Eu amo demais esse filme porque me encontro nele de várias formas, seja ela como blogueira, seja na Gastronomia ❤ É muito lindo!

    1. Dai Castro says: Responder

      Pra você faz ainda mais sentido mesmo!! <3

Deixe uma resposta