Resenha do Livro: O Poderoso Chefão de Mario Puzo

Resenha de livro O Poderoso Chefão

Olá pessoinhas coloridas! Esse é meu primeiro texto aqui no blog, talvez alguns de vocês achem estranho, mas tenho certeza que vamos nos dar bem! :)

Quando a Dai escolheu O Poderoso Chefão para resenhar no Colorindo, eu a aporrinhei tanto para fazer este texto que ela acabou cedendo, então, pela primeira vez no blog, uma resenha by Renato™.

Sempre fui fanático por filmes de máfia, sério, acho que já devo ter assistido todos eles, algumas vezes.

Resenha de livro O Poderoso Chefão

Eu lhe farei uma oferta que ele não poderá recusar

Confesso que este gosto era refletido apenas nas obras cinematográficas, não fazia a mínima ideia que O Poderoso Chefão, ou mesmo o clássico Os Bons Companheiros eram baseados em obras literárias, e a chegada do livro aqui em casa me deixou muito curioso, sobre como a história seria retratada.

O livro começa com uma série de pequenos acontecimentos, onde pessoas são prejudicadas e terminam desamparadas pela sociedade e pelo sistema jurídico, tais personagens aparentemente sem nenhuma relação, mas logo descobrimos que todos os envolvidos possuem algo em comum: seu padrinho, o bom Don Corleone.

Resenha de livro O Poderoso Chefão

A amizade é tudo. A amizade é mais do que talento. É mais do que governo. É quase igual à família. Jamais se esqueça disso. Se você tivesse levantado um muro de amizades, não teria de me pedir ajuda.

Assim como a obra cinematográfica, o desenrolar da trama tem início em 1945, a guerra já havia terminado e os Corleone, uma tradicional família Ítalo-Americana comemora o casamento de sua filha mais jovem Connie. Em seu escritório particular, Vito Corleone, chefe da família recebe alguns convidados que gentilmente lhe chamam de padrinho, lhe oferecem votos de felicidade pela filha, mas por trás de toda gentileza há um propósito implícito.

A tradição Siciliana diz que um homem jamais deve negar um pedido feito no dia do casamento de sua filha, e Don Corleone nunca decepciona os pedidos de um afilhado, tudo que ele deseja em troca, sua amizade e um favor que eventualmente possa ser cobrado…

Resenha de livro O Poderoso Chefão

Publicado em 1969 O Poderoso Chefão é um daqueles livros tensos, a maior parte de suas 400 e tantas páginas são muito bem gastas em criar uma ambientação densa, a maioria dos eventos parecem repentinos e brutais, mas não são forçados. A personalidade dos protagonistas, bem como a vontade de saber seu desfecho, me prendeu do começo ao fim, um daqueles livros que a gente não consegue parar até terminar, sabe?

(…) não somos responsáveis pelos homens de alto gabarito, os pezzonovanti que tomam a si o encargo de decidir o que faremos de nossas vidas, que declaram as guerras nas quais querem que entremos e combatamos para proteger o que eles possuem. Quem disse que precisamos obedecer às leis que eles fazem para defender o seu próprio interesse e nos prejudicar?

Apesar disso a obra conta com algumas coisinhas que me incomodaram, acredito que por conta do período em que se passa a obra, ou mesmo o local onde ela foi escrita, há passagens extremamente machistas, a maioria dos personagens masculinos tem aquela visão ridícula de que mulheres são seres indefesos e submissos, um dos personagens que tem grande destaque no livro, o cantor Johnny Fontane é responsável pela maioria dessas passagens, o que me fez ter muita antipatia e odiar os capítulos onde ele era o protagonista.

Resenha de livro O Poderoso Chefão

Relevando esse aspecto, a leitura é muito gostosa, as cenas são bem construídas e detalhadas sem serem enfadonhas. As passagens de ação são bem descritas, e apesar da ação não ocorrer abundantemente, a tensão que é construída até seu clímax é sensacional!

Até a clássica cena das laranjas está presente, e ouso dizer é tão impactante quanto sua versão icônica de Hollywood.

No final, se você gosta de histórias envolventes em um charmoso mundo de anti-heróis, leia O Poderoso Chefão, tenho certeza que Don Corleone lhe fará uma proposta que você não poderá recusar…

Título: O Poderoso Chefão | ISBN: 8501025437 | Ano: 2016 | Especificações: 462 páginas | Editora: Record

Classificação do livro: 4 estrelas[Esse livro foi enviado pelo Grupo Editorial Record]

Leia Também

12 Comment

  1. Meu filho tem esse livro,ele me falou amores sobre ele tb.
    Tenho sorte do meu filho trabalhar em uma livraria,srsrsrsrs
    sempre ganho presentes dele

    1. Dai Castro says: Responder

      haha Que delícia heim? Ganhar livros é sempre maravilhoso <3

  2. Oi!
    Preciso confessar que nunca me interessei muito pelo livro, apesar de ter o box dos DVDs da trilogia, mas gostei muito resenha!
    Fiquei bem curiosa :)

    Beijos,
    Giulia | http://www.1livro1filme.com.br

    1. Dai Castro says: Responder

      Tenho que comprar esse box para o Re hahaha Acho que ele vai gostar! :)

  3. Olha…. vou confessar que eu também não sabia que tinha o livro do Poderoso Chefão não!
    Que vergonha! HAHAHHAHA
    Nossa Renato, acho que vou procurar para ler nas férias de Janeiro!
    Parabéns pela primeira resenha!
    E , beijos pra Dai ;)

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    1. Dai Castro says: Responder

      Que bom que gostou da primeira resenha do Re, Andréia!!! :) Acho que muita gente não sabia que tinha o livro do Poderoso Chefão, viu? Beijos!!

  4. Beija meu anel… ahuhauihuiahuahuiahuahuiahuiahuha
    Eu amo Poderoso Chefão e mesmo conhecendo pessoas que não tem paciência para assistir (quem dirá ler) recomendo pra todo mundo.

    1. Dai Castro says: Responder

      hahaha :D Sim, é um clássico, né?!

  5. Como assim eu não sabia que o filme era inspirado em um livro?! =O Ah! Eu preciso ler esse livro. Adorei a resenha do Renato, das passagens do livro que ele selecionou e as fotos da postagem. =)
    Beijinhos ♥

    Contadora de Histórias

    1. Dai Castro says: Responder

      Que bom que gostou da resenha Débora! Fico feliz e vou chamá-lo para participar do blog mais vezes ^_^ Mas as fotinhos fui eu que fiz hahaha Disso eu não abro mão hahaha Beijinhos!

  6. Eu não sabia da existência do livro até bem pouco tempo também e tenho que confessar que ainda não assisti a esse filme. Mas preciso muito ver!
    Fiquei bem curiosa quando vi o livro, mas como nunca li e nem vi nada com a temática, tive um pouco de receio de não gostar.
    Mas achei bem interessante a agora me deu vontade de ler!
    Ah, e a resenha ficou muito boa, pode voltar mais vezes :) hehe

    1. Dai Castro says: Responder

      Acho que muita gente não sabia da existencia desse livro, para mim foi uma surpresa também! Pode deixar que o Re voltará mais vezes sim! Beijos! <3

Deixe uma resposta