VidaSecretaWalterMitty-ColorindoNuvens

Há momentos na vida em que precisamos mudar. Quando percebemos uma insatisfação geral ou uma apatia em determinado aspecto, é legal estudar o que está acontecendo e buscar uma alternativa para mudar o que mais nos incomoda.

Em fases assim, nada melhor do que buscar inspiração baseada na conduta de outras pessoas, sejam elas reais ou apenas protagonistas de alguma obra fictícia. É ai que entra Walter Mitty, um personagem que nos convence a apreciar mais a vida ao vivo do que através das fotografias alheias.

Trabalhando por anos a fio como gerente do departamento de negativos da revista Time, Walter Mitty (Ben Stiller) é uma figura apagada, pouco atrativa e só desperta a curiosidade das pessoas a sua volta, devido as suas esquisitices e seus constantes apagões que o leva para uma realidade alternativa, onde sonha realizar grandes feitos e vive as mais improváveis e épicas aventuras.

VidaSecretaWalterMitty-ColorindoNuvensBen Stiller como Walter Mitty

Seu estado de inércia começa a se alterar quando a Time anuncia oficialmente o fim das revistas impressas, sendo restrita somente ao meio digital o que consequentemente, extinguiria o seu cargo na organização.

Aqui fica claro a critica ao mundo corporativo e as grandes organizações. Walter Mitty é descartado como uma peça sem valor, mas é durante a sua última tarefa pela empresa que o pouco que sobrou de sua personalidade aventureira e rebelde ressurge após anos de trabalho sem perspectiva e com pouco reconhecimento.

Walter sai em busca do misterioso negativo 25, foto enviada por Sean o’Connell (Sean Pean) para estampar a última edição da revista. Nesse processo recebe a ajuda de Cheryl Melhoff (Kristen Wiig) sua colega de trabalho a qual nutre um amor secreto incapaz de expressar-se até mesmo através de um site de relacionamentos.

Após esse ato súbito de coragem que o leva a sair no rastro do fotógrafo responsável pela imagem, Walter se depara com as situações mais inusitadas possíveis, sempre cercado por uma natureza exuberante, como aquelas que ele passou anos apreciando pelas lentes de Sean o’Connell.

VidaSecretaWalterMitty-ColorindoNuvensWalter durante a sua aventura a procura de Sean o’Connell

Acompanhamos todo o processo de reencontro de Walter Mitty com o seu verdadeiro eu e é praticamente impossível não analisarmos a nossa própria postura e nos perguntarmos se o que somos agora é o reflexo de nossa essência interna ou fomos apagados pouco a pouco para nos adequarmos a realidade que nos cerca.

Apesar dessa premissa interessante de autodescoberta, o filme possui alguns pontos falhos que não me permitiram ficar totalmente absorta e envolvida com sua história. Seu maior deslize é justamente a velocidade com que tudo se desenvolve.

Não temos tempo satisfatório para criar um laço mais forte com o Walter sem perspectiva do inicio da história e a sua transição para uma vida mais agitada não ocorre naturalmente e dessa forma, o espectador não tem tempo de se adaptar a nova realidade do filme que adquire a partir dai, mais humor e aventura, do que o drama prometido inicialmente.

Apesar dessa característica mais genérica, acho válido conferir essa história, principalmente se o seu momento atual não for os dos melhores e a sua vida literalmente, precisa de Upgrade! E vocês? Compartilham a minha opinião ou interpretaram de maneira diferente? Acho que esse filme dá abertura a esse tipo de discussão, o que é um aspecto bem interessante.

RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT